O mundo do cinema e dos jogos sempre tiveram uma relação simbiótica. Filmes inspiram jogos e jogos inspiram filmes. No entanto, nem todas as adaptações são bem-sucedidas, pois capturar a essência de um filme em um jogo pode ser um desafio monumental.

Até pouco tempo atrás era comum vermos diversos filmes recebendo adaptação para jogos, logo após estrearem nos cinemas, mas essa prática acabou diminuindo ao longo dos anos. Pensando nisso, selecionamos dez filmes que dariam ótimos jogos, proporcionando uma experiência imersiva e emocionante aos jogadores. Confira nossa lista!

publicidade

1. Máquina Mortífera

Imagem: Reprodução

A série de filmes “Máquina Mortífera” é um clássico do gênero de ação. Imagine um jogo em que você possa assumir os papéis de Martin Riggs e Roger Murtaugh, resolvendo casos policiais complexos enquanto enfrenta bandidos perigosos. O jogo poderia combinar elementos de investigação policial, ação em terceira pessoa e um modo cooperativo, onde os jogadores precisam trabalhar juntos para resolver os casos. Com um roteiro bem desenvolvido e diálogos cativantes, “Máquina Mortífera” tem o potencial de se tornar um jogo envolvente e divertido.

Leia também:

publicidade

2. RoboCop

RoboCop (1987) / Crédito: Orion Pictures (divulgação)

“RoboCop” é um filme que praticamente implora por uma adaptação em jogo, tanto que algumas tentativas foram feitas, mas sem capturar todo o potencial do filme. A história do policial Alex Murphy, transformado em um cyborg para combater o crime em uma Detroit futurista, oferece um rico cenário para um jogo de tiro em primeira pessoa. Os jogadores poderiam explorar a cidade, enfrentar gangues e corporações corruptas, enquanto melhoram suas habilidades e armas cibernéticas. Um sistema de moralidade poderia adicionar uma camada extra de profundidade, desafiando os jogadores a fazer escolhas difíceis entre justiça e vingança.

3. Missão Impossível

A franquia “Missão Impossível” é sinônimo de ação e espionagem. Um jogo baseado nessa série poderia oferecer uma experiência furtiva e cheia de adrenalina. Com o protagonista Ethan Hunt, os jogadores poderiam executar missões de infiltração, desarmar bombas, hackear sistemas de segurança e participar de perseguições emocionantes, similar ao que vimos em sagas como Uncharted, mas se adaptando ao cenário que o filme ofereceria para o jogo.

publicidade

4. John Wick

John Wick 4
Imagem: Foto por Murray Close/Lionsgate/Murray Close/Lionsgate – © 2022 Lionsgate

A saga”John Wick” redefiniu o gênero de ação com suas cenas de combate. Um jogo baseado em “John Wick” poderia combinar diversos estilos de jogos, como um shooter em terceira pessoa e um sistema de combate bem executado, similar ao que já vimos com Sleeping Dogs. Com um sistema de combate fluido e intuitivo, os jogadores poderiam se sentir como o infame assassino em busca de vingança. Além disso, um modo de história profundo que explora o submundo dos assassinos contratados adicionaria uma camada narrativa rica à experiência de jogo inspirado no filme.

5. Battle Royale

Imagem: Reprodução

“Battle Royale” é um filme que praticamente criou seu próprio subgênero. Um jogo baseado nesse conceito poderia ser um survival horror com elementos de battle royale, onde jogadores são lançados em uma ilha e devem lutar até a morte. A adição de um enredo envolvente e personagens com motivações distintas tornaria o jogo mais profundo do que apenas um simples combate até o fim. Com recursos limitados e um ambiente hostil, a tensão e o suspense seriam constantes, mantendo os jogadores na ponta da cadeira.

publicidade

6. Eu Sou a Lenda

Eu Sou a Lenda: roteirista desmente conspiração envolvendo covid-19 e o filme. Imagem: Olhar Digital/Montagem
Imagem: Olhar Digital/Montagem

“Eu Sou a Lenda” é um filme pós-apocalíptico que combina horror e drama de forma magistral. Um jogo baseado nessa obra poderia ser um survival horror em mundo aberto, onde os jogadores controlam o último homem sobrevivente em uma cidade infestada por criaturas noturnas. O foco na sobrevivência, coleta de recursos e construção de defesas durante o dia, combinado com a tensão de se esconder das criaturas à noite, criaria uma experiência de jogo intensa e poderíamos ter algo semelhante ao que experimentamos na franquia The Last of Us.

7. Bons Companheiros

“Bons Companheiros” é um clássico do cinema de máfia que poderia se traduzir em um excelente jogo de estratégia e ação. Os jogadores poderiam assumir o papel de um mafioso em ascensão, gerenciando operações ilegais, construindo alianças e lidando com traições. A mistura de administração de recursos, missões de ação e uma narrativa complexa baseada em escolhas morais faria deste um jogo fascinante e envolvente.

8. Princesa Mononoke

O filme de animação “Princesa Mononoke” é uma obra-prima de Hayao Miyazaki, rica em mitologia e temas ambientais. Um jogo baseado nesse filme poderia ser um RPG de ação em mundo aberto, onde os jogadores explorariam florestas mágicas, enfrentariam criaturas místicas e tomariam decisões que afetariam o equilíbrio entre a natureza e a humanidade. Vale lembrar que Ni no Kuni é um fantástico RPG que utiliza de gráficos estilizados clássicos do Estúdio Ghibli e, o jogo de Princesa Monoke poderia ter a mesma estética e proposta.

9. Blade

“Blade” é um filme que mistura ação e horror de forma eficaz, seguindo o caçador de vampiros titular. Um jogo baseado em “Blade” poderia ser um hack and slash com elementos de RPG, onde os jogadores enfrentam hordas de vampiros e outras criaturas sobrenaturais. Com habilidades especiais e um arsenal de armas à disposição, os jogadores poderiam personalizar seu estilo de combate e explorar um mundo sombrio e perigoso. Ou ainda, o jogo poderia seguir o mesmo estilo dos jogos do Homem-Aranha produzidos pela Imsomniac, onde teríamos um lado mais vigilante do herói.

10. Prometheus

Imagem: Prime Video/Divulgação

“Prometheus”, de Ridley Scott, é uma obra de ficção científica que explora as origens da humanidade e o mistério dos Engenheiros. Um jogo baseado nesse filme poderia ser um survival horror em primeira pessoa, onde os jogadores exploram planetas alienígenas e enfrentam perigos desconhecidos. A atmosfera tensa e a sensação constante de perigo, combinadas com quebra-cabeças e uma narrativa profunda, criariam uma experiência de jogo verdadeiramente assustadora e fascinante.

A transição de filmes para jogos não é uma tarefa simples, mas quando feita corretamente, pode resultar em experiências de jogo memoráveis e emocionantes. Os dez filmes listados aqui possuem histórias ricas, personagens carismáticos e cenários envolventes que poderiam ser explorados de novas maneiras no mundo dos jogos. Seja através de ação intensa, narrativas profundas ou ambientes imersivos, cada um desses filmes possuem o potencial de se tornar um grande sucesso no universo dos jogos eletrônicos.