02/02/2017 Postado às 12h40

Migrar é evoluir: entenda por que você deve apostar no SDS

Redação Olhar Digital

Por mais que alguns livros queiram vender a ideia de que existe uma fórmula mágica, não há, de fato, uma equação pronta que dite o crescimento de uma empresa. O que os “gurus da administração” não dizem é que alguns pontos cruciais podem fazer toda a diferença no seu negócio, por isso é importante se informar bem sobre as principais tendências relacionadas a eles.

Como já é de conhecimento geral, no campo da automação e da computação há uma grande busca por soluções eficazes que permitam ao gestor ter total liberdade para decidir como o armazenamento de dados da sua companhia será administrado. O melhor de tudo é que utilizar esse tipo de solução no seu negócio é simples como resolver uma conta de 2 + 2.

Voltando ao básico: SDS é a sigla utilizada para Software Define Storage, que significa armazenamento definido por software. Ou seja, deixar que uma plataforma automatizada tome as rédeas dos processos de armazenamento dos dados computacionais da sua companhia. Toda essa discussão sobre significados e siglas pode ser resumida em um simples elemento: otimização dos lucros da sua empresa, um ponto crucial em qualquer organização.

A economia de custos é possível porque a computação híbrida busca redefinir a estratégia de armazenamento de acordo com as necessidades de cada cliente. O SDS nasceu com a ideia de permitir o acesso a uma plataforma flexível, que possa ser utilizada sob demanda e que permita alocar recursos de hardware de acordo com o próprio software. Migrar a infraestrutura do seu negócio para um sistema com essa estrutura torna os processos mais ágeis e eficazes.

Sabe-se, também, que ações desse tipo precisam ser pensadas com cautela e que toda uma revolução na forma como a empresa atua pode causar um certo frio na barriga no gestor. A boa notícia é que é possível migrar também para infraestruturas híbridas que agregam todo o aspecto já conhecido do armazenamento de arquivos em data centers tradicionais com a praticidade de um sistema definido por software.