Future JLR HVAC systems could kill bacteria with UV-C rays.

Fabricante de carros diz que vai manter motoristas longe de germes e doenças

Redação Olhar Digital 28/03/2019 07h30
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Jaguar Land Rover quer usar luz ultravioleta para matar germes em automóveis

De acordo com a fabricante de automóveis Jaguar Land Rover (JLR), o motorista médio gasta 300 horas por ano no volante. Para a empresa, dada a quantidade de tempo, os carros poderiam ajudar a manter o proprietário saudável. Pensando nisso, os futuros modelos Jaguar e Land Rover poderão usar luz ultravioleta especial (UV-C) para matar os germes antes que estes passassem pelo sistema de ventilação do carro.


A tecnologia UV-C, que utiliza luz ultravioleta nos comprimentos de onda de 200-280 nanômetros, tem sido usada na área médica para esterilizar superfícies e ar, neutralizando bactérias e outros patógenos. A ideia da JLR é integrar isso nas muitas aberturas e dutos escondidos dentro do painel do carro, de modo que o ar que entra na cabine já tenha sido esterilizado. 

Alguns modelos da fabricante já usam tecnologia de ionização de ar em seus sistemas de controle climático, mas o sistema UV-C seria mais eficaz.

A fabricante diz que a tecnologia pode evitar a disseminação de resfriados comuns e gripes, e também alega que estudos mostram que a UV-C pode reduzir a transmissão de superbactérias resistentes a drogas em 30%. Dito isso, um carro equipado com a tecnologia poderia manter seus usuários mais protegidos e longe de doenças.

Reprodução

A pesquisa surge no momento em que a JLR investiga como o carro do futuro pode mudar, a ponto de se tornar uma experiência mais agradável. E isso vale não apenas para veículos individuais. A última coisa que você quer quando entra em um ônibus é respirar os germes dos passageiros, certo?

"A implementação de medidas individuais de bem-estar como parte de nossa pesquisa intitulada 'santuário tranquilo' promete não apenas melhorar a qualidade de vida de nossos clientes, mas oferece vantagens claras na redução da disseminação de patógenos - protegendo a população geral de doenças, particularmente, à medida que avançamos em direção a soluções de mobilidade compartilhada ", disse Steve Iley, diretor do departamento médico da JLR, em um comunicado.

E aí, você gostaria que mais fabricantes de automóveis aderissem essa ideia?

Medicina carros e tecnologia
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você