Tesla está próxima de lançar assinatura mensal do piloto automático

Descoberta foi feita por usuário por meio de engenharia reversa de aplicativo; Elon Musk prometeu que recurso seria lançado ainda em 2020

Guilherme Preta, editado por Daniel Junqueira 21/09/2020 13h55
Tesla
A A A

Tesla se destaca no mercado por, além de fabricar veículos elétricos, disponibilizar para os clientes um sistema de piloto automático. Para ter acesso a esse recurso, porém, é necessário comprá-lo por US$ 8 mil. Agora, a montadora se prepara para lançar sua uma opção de assinatura mensal Full Self-Driving. A descoberta foi feita por um usuário, que fez a engenharia reversa do seu aplicativo.


No início do ano, foi dito que a montadora estava trabalhando em um modelo de assinatura pré-paga. Pouco depois, Elon Musk, CEO da Tesla, afirmou que o planejamento era de fazer o lançamento “no final do ano”. Agora, é possível que a Tesla esteja prestes a lançar a opção. Autor da descoberta, o usuário / u / Callump01 divulgou em sua conta na rede social uma foto em que mostra a guia "Assinar" no aplicativo.

ReproduçãoPor meio de engenharia reversa, usuário encontrou a guia "Assinar" em seu aplicativo. Foto: Reddit

Apesar de oferecer essa possibilidade mensal de acesso aos serviços do piloto automático, Musk afirmou que o pacote é a melhor opção financeiramente. No entanto, a opção pré-paga pode ser útil para aqueles que aluguem veículos da Tesla ou não querem se comprometer em pagar o valor do pacote, que é de US$ 8 mil. Além disso, recentemente, a montadora introduziu um novo pacote, o Enhanced Autopilot, com preço de US$ 4 mil. Ele possui os mesmos recursos do completo, com exceção dos que exigem o computador de bordo mais recente.

Como o anúncio ainda não foi feito (e nem tem data para isso), o preço ainda não foi revelado. Porém, é esperado que não seja barato e é possível que a empresa tire alguns dos recursos também.

Polícia aborda Tesla em alta velocidade e descobre motorista dormindo

A polícia do Canadá flagrou um motorista dormindo dentro de seu Tesla, com o banco completamente reclinado, enquanto o piloto automático dirigia em alta velocidade. O homem foi acusado criminalmente.

A RCMP Alberta (polícia federal do Canadá) relatou o incidente em sua conta no Twitter. "O carro parecia dirigir sozinho, viajando a mais de 140 km/h com os dois bancos dianteiros completamente reclinados e os ocupantes pareciam estar dormindo", descreveram os policiais, publicando também uma foto do Tesla Model S.

Apesar de seu nome, o Autopilot da Tesla não é um sistema de direção automática, e sim um conjunto de recursos de assistência ao motorista. Embora tecnicamente o sistema possa dirigir de maneira autônoma em rodovias sem intervenção humana, a Tesla pede que os motoristas mantenham a atenção na estrada e estejam sempre com as mãos no volante, porque nenhuma tecnologia é infalível

Via: Electrek

Carro elétrico carro Tesla carros e tecnologia elon musk carros elétricos Carro elétrico carros carro autônomo
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você