BlackBerry

CES 2019: BlackBerry anuncia sua entrada no setor de Internet das Coisas

Redação Olhar Digital 07/01/2019 19h25
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Fabricante canadense apresentou três novos produtos, desenvolvidos para que os dispositivos conectados fiquem mais seguros e protegidos contra hackeamentos.

Cada vez mais explorada pelas empresas, a Internet das Coisas (IoT) também desperta preocupações da indústria por um motivo: o volume de dados que a tecnologia levanta está cada vez mais a mercê de crackers. Além disso, especialistas em segurança já demostraram como não é tão difícil hackear um carro conectado, uma câmera de segurança ou até mesmo um eletrodoméstico. Mas eis que um player inesperado entrou neste setor para tentar corrigir isso: a BlackBerry.


Sim, é isso mesmo. A tradicional fabricante de smartphones para o mercado corporativo – e que já teve dias melhores – apresentou no último domingo (06/1), na CES 2019, três novos produtos desenvolvidos para que os dispositivos conectados sejam mais seguros e protegidos contra hackeamentos.

O primeiro deles é uma chave criptográfica que os fabricantes de produtos dotados com IoT podem inserir nos microprocessadores quando estão fabricante seus dispositivos. Ao tentar hackers qualquer aparelho que traga este recurso de segurança, o mesmo deixa de funcionar.

A segunda solução apresentada pela BlackBerry é um software que evita que um código não aprovado por uma fabricante seja executado em seus dispositivos. Essa aplicação poderia ter evitado ataques como o Mirai, executado em 2016, quando hackers “recrutaram” uma série de aparelhos conectados à internet, como roteadores e câmeras de segurança, para que os mesmos fizessem parte de um botnet destinado a derrubar um servidor web.

Por fim, a empresa canadense lança também um serviço de gestão para dispositivos usados em fábricas e seus entornos corporativos. A solução foi desenvolvida para permitir que estas empresas tenham um controle mais seguro da informação armazenada em seus aparelhos, além de estabelecer normais sobre quando eles estão autorizados a comunicar-se com protocolos como Wi-Fi e Bluetooth.

A ideia da BlackBerry  é licenciar estes produtos Às empresas que desenvolvem dispositivos conectados ao IoT, como lâmpadas inteligentes, refrigeradores, televisores, bem como máquinas usadas em fábricas. Todos os aparelhos que contarem como uma de seus soluções ganharão o selo BlackBerry Secure.

Famosa por contar com um servidor de e-mails considerado como o mais seguro do mundo, a BlackBerry quer aproveitar esta expertise para se reinventar no mercado, uma vez que o seu domínio no setor de smartphones já faz parte de um passado distante. Além disso, caso tenha sucesso nessa empreitada, a empresa afasta potenciais compradoras, que tentam adquiri-la apenas para colocar as mãos em suas patentes de tecnologia de segurança.

Fonte: Cnet

Segurança Blackberry internet das coisas CES 2019
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você