Consumer Eletronics Show 2020

Facebook e Twitter

Saiba o que esperar de Facebook e Twitter durante a CES 2020

Sofia Aureli, editado por Matheus Luque 27/12/2019 13h19
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Feira de tecnologia pode ser espaço para as redes sociais apresentarem as medidas que tomaram após escândalos de vazamento de dados e fake news

A CES, evento anual de tecnologia que começa em Las Vegas no dia 7 de janeiro e terá cobertura do Olhar Digital, não se trata apenas de exibir os melhores laptops, TVs e gadgets. Afinal, também pode ser um momento das redes sociais como Facebook e Twitter apresentarem suas inovações e até se defenderem e argumentarem sobre as últimas polêmicas que estavam envolvidas, como disseminação de fake news e vazamento de dados.


Antigamente, elas não costumavam ter uma grande presença na feira, mas conforme se expandiram além das plataformas de redes sociais, passaram a ganhar espaço no evento. Além disso, a CES é um momento importante onde as empresas podem conversar com as marcas e clientes sobre possíveis novas parcerias.

Porém, esse crescimento ocorre quando ambas empresas enfrentam preocupações a respeito do impacto das redes sociais na democracia pela disseminação de desinformação, vazamento de dados, “vista grossa” para abusos nas redes e discursos de ódio, entre outras coisas. Então, durante o evento, existe a possibilidade dos executivos dessas empresas apresentarem as medidas que estão tomando para combater essas questões.

 

Facebook na defensiva

Após o escândalo da Cambridge Analytica e outros contratempos, a rede social tem muito o que explicar quando se trata de proteção de dados do usuário. Nesse quesito, será montado um estande sobre privacidade para os visitantes entenderem mais sobre as políticas da empresa nessa área e as preferências de anúncios.

Além disso, um dos painéis mais aguardados da feira tem como tema “Mesa redonda do diretor de privacidade: o que os consumidores querem?”, em que está confirmada a presença da diretora de privacidade do Facebook, Ein Eagan e da diretora sênior de privacidade global da Apple, Jane Horvath.

Reprodução

Mark Zuckerberg, Foto: Fortune

Outras autoridades importantes do Facebook também já foram confirmadas em outros painéis, como Khaliah Barnes, gerente de privacidade e políticas públicas; Carolyn Everson, vice-presidente de marketing global; Antonio Lucio, diretor de marketing e Maxine Williams, diretor de diversidade.

Durante a feira, espera-se que o Facebook teste sua linha de realidade virtual, a Oculus, e o dispositivo de bate-papo por vídeo, Portal. Além disso, a empresa também terá um espaço para se reunir com clientes e parceiros e, entre as colaborações mais intrigantes, está a coligação de empresas lideradas pelo Facebook que trabalham para criar a Libra, uma criptomoeda que tem lançamento marcado para o ano que vem.

Sobre isso, o assunto será o tema da palestra “The Libra Effect”, ministrada por Dante Disparte, vice-presidente e chefe de políticas e comunicações da Libra Association.

 

Parcerias no Twitter

O Twitter não possui nenhum gadget de consumidor, mas a empresa foi mais agressiva este ano ao fazer alterações em sua plataforma e promover eventos ao vivo. Entre as mudanças no site, a rede proibiu anúncios políticos e está explorando maneiras de combater o ódio e o assédio online, além da criação de recursos que permitem aos usuários ocultar respostas em seus tuítes.

No dia 8 de janeiro, os executivos do Twitter, incluindo seu chefe de produto, Kavyvon Beykpour, devem conversar sobre a parceria de conteúdo, o trabalho com profissionais de marketing e as atualizações que estão fazendo na rede social.

Reprodução

Twitter transmite partidas de esporte ao vivo. Foto: Reprodução

Esporte e transmissão ao vivo também não ficam de fora dos temas dos painéis. Afinal, no dia 9 de janeiro está programada a palestra “O futuro do streaming de esportes” que será ministrada por Laura Froelich, chefe de parcerias de conteúdo dos EUA.

Assim como em anos anteriores, a rede social terá uma área comum para reuniões com marcas e clientes. A novidade deste ano deve ser a “experiência imersiva”, que celebra diferentes momentos importantes do ano.

 

Alcance da mídia social

Durante a CES 2019, houve 5 mil tuítes por hora e mais de 1,2 milhão de visualizações no Instagram Stories. A Consumer Technology Association, que supervisiona a feira, espera uma forte interação nas mídias sociais no evento deste ano.

Por isso, durante os dias da CES, é esperado que marcas utilizem os espaços nas redes sociais para divulgar suas novidades e lançamentos.

 

Via: CNet


redes sociais Twitter Facebook privacidade vazamento de dados ces 2020
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você