Astrônomos descobrem que suposto novo asteroide é um cometa

Novas observações indicam que se trata de um objeto em mudança caótica, o que confundiu especialistas

Luiz Nogueira 01/06/2020 12h06
Cometa P/2019 LD2
A A A

Recentemente, astrônomos do Sistema de Alerta Terrestre de Impacto de Asteroide (Atlas) anunciaram a descoberta do que consideraram um novo tipo de asteroide devido às características incomuns. No entanto, em uma atualização da observação, eles informaram que a classificação original estava incorreta.


De acordo com eles, o objeto encontrado é um cometa, embora não possua todos os atributos de um. Para especialistas, asteroides e cometas possuem aspectos bastante delineados e quase imutáveis. Porém, há algumas exceções. 

Os cometas possuem órbitas longas e contam com camadas de gelo que sublimam, gerando uma auréola e uma cauda empoeirada à medida que se aproxima do Sol; os asteroides, por outro lado, são rochosos, secos e inertes, com órbitas semelhantes às dos planetas.

De vez em quando, porém, há objetos que podem desafiar essas definições. O caso recente é um exemplo disso. Chamada de 2019 LD2, a descoberta possui uma órbita semelhante à de um asteroide, mas exibe uma cauda de cometa.

Reprodução

Além das características de um cometa, objeto possui atribuições de um asteroide: Foto: NASA/JPL-Caltech

O que intrigou os astrônomos foi que o objeto parecia compartilhar sua órbita com Júpiter, fazendo parte dos "troianos", um conjunto de asteroides que orbita o maior planeta do Sistema Solar. Se isso se confirmasse, esse seria o primeiro do tipo a "vomitar" gás. 

No entanto, em uma observação mais detalhada, foi definido de que esse não é um novo tipo de asteroide, mas sim um cometa comum que tem uma órbita em mudança caótica, que atualmente se assemelha aos objetivos vistos em Júpiter. Daqui a alguns anos, quando ele mudar novamente, provavelmente deixará de ser confundido com um dos "troianos". 

Por agora, ele foi redesignado como P/2019 LD2. Apesar de não ser algo realmente novo como se esperava, a observação desse fenômeno é bastante interessante e um dos belos exemplos da ciência em ação.

Via: Science Alert

Ciência Astronomia espaço Asteroide Júpiter descoberta órbita astrônomos cometa Ciência&Espaço
Assinar newsletter
Assine nossas newsletters e receba conteúdos em primeira mão
enviando dados - aguarde...
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!.

Recomendados pra você