Cinema e Streaming

Sala de cinema

Melhores de 2019 - Parte 1: Os Blockbusters

Sergio Alpendre, editado por Liliane Nakagawa 31/12/2019 15h12
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Ao passar dos anos, o termo 'Blockbuster' encontrou pelo caminho diversos sentidos e os incorporou. A seguir, veja os cinco melhores do gênero em 2019

Esta é a primeira parte de nosso especial com os melhores de 2019, no cinema e no streaming. As divisões não devem ser encaradas como marcas estanques para o filme. O escolhido em uma lista poderia constar em outra. As escolhas, nesse sentido, são evidentemente sujeitas a falhas (alguém pode considerar que 'Ad Astra' ficaria melhor na lista de cinema autoral, por exemplo).

* * *

O blockbuster no século 21 deixou de ser um filme para toda a família para ser um filme para crianças. Virou sinônimo de filme de super-heróis. Mas ainda há exceções. Sempre houve. Elas só estão em menor número.

Selecionamos aqui os melhores blockbusters de 2019. Os dois primeiros lugares, você pode se perguntar, seriam mesmo blockbusters? De fato, a categoria permite (ou deveria permitir) a inclusão de filmes fronteiriços. O blockbuster autoral, em outras palavras, ainda resiste.

Os dois primeiros são mesmo exceções, são blockbusters adultos. 'Ad Astra', além de Brad Pitt, teve a Fox por trás, e uma distribuição de blockbuster. Se vingou ou não, é outra história. Seu valor cinematográfico é imenso. E o último longa de Tarantino tem dois astros de primeira grandeza e também foi distribuído como um blockbuster. E até que vingou. Não como um filme da Marvel, mas num patamar interessante para um blockbuster adulto. Os dois longas seguintes estão no grupo dos bons blockbusters para toda a família, como muitos feitos até os anos 1990. O quinto colocado é meio infantil, mas precisávamos de cinco, e 'Shazam' não é de se jogar fora. Em outras palavras, é o que temos.

01. Ad Astra – Rumo às Estrelas (James Gray, 2019)

Obviamente este filme poderia estar na categoria do cinema autoral. Se foi colocado nesta é por causa de Brad Pitt e da superprodução. Apesar de não ter o alcance de outros blockbusters, e de não ter sido muito bem sucedido nas bilheterias, tem ao menos estatura para engrandecer a categoria.

02. Era Uma Vez em Hollywood (Quentin Tarantino, 2019)

Grande sucesso recente de Tarantino, este filme reúne Leonardo Di Caprio e Brad Pitt em um retrato interessante de Hollywood após a falência do sistema de estúdios nos anos 1960.

03. Capitã Marvel (Anna Boden, Ryan Fleck, 2019)

Um dos melhores filmes da Marvel (sim, é uma exceção também nesse quesito) e um dos melhores longas recentes na procura pela representatividade.

04. Homem Aranha: Longe de Casa (Jon Watts, 2019)

Segundo filme da nova encarnação do Aranha, dá um respiro para a dupla Watts-Holland e nos oferece um belo painel juvenil da sociedade americana em contraponto com a Europa.

05. Shazam (David F. Sandberg, 2019)

Aventura adolescente que fala de aceitação e família criada por laços, não por sangue. Digno e divertido. É o mínimo que se pede.

 

3 DECEPÇÕES:

Vingadores: Ultimato (Joe e Aaron Russo, 2019)

Não que se espere um grande filme do Universo Marvel, mas após Guerra Infinita, esperava-se algo mais deste encerramento da aventura dos Vingadores e do próprio Universo. O que temos é um trailer gigante que procura servir de portfolio para cenas de ação com CGI e uma dramaturgia muito rasa.

Star Wars: A Ascensão Skywalker (J. J. Abrams, 2019)

Um desfecho melancólico e infantil (no pior sentido) para uma saga de respeito.

Vidro (M.Night Shyamalan, 2018)

Esta estreia de janeiro traz uma triste constatação. É provavelmente o pior filme de Shyamalan, embora tenha defensores ferrenhos.

Filmes Streaming Cinema Blockbuster Filmes&Series
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você