Big Data
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Comunicação: uma das etapas mais importantes para um bom gerenciamento de risco

Marco Mendes 30/05/2019 08h00

A própria definição de ?bens? passa por uma mudança significativa, abrangendo agora todo um rol de ativos intangíveis.

Antigamente para nos proteger trancávamos portas e janelas para evitar que roubassem os nossos bens. Com a chegada da quarta revolução industrial, que traz a plena implementação de tecnologia em nosso dia a dia, cada device com o qual fazemos interface é uma possível janela ou porta para os nossos bens.

A própria definição de “bens” passa por uma mudança significativa, abrangendo agora todo um rol de ativos intangíveis, que nesse novo ambiente, se põe à frente dos ativos tangíveis.

Assim como toda mudança, essa também, além de seus benefícios, traz incertezas, dúvidas, complicações e riscos. Privacidade e segurança agora são mais que uma necessidade, caminham de mãos dadas como um item default para os modelos de negócio e sociedade.

Mas como se preparar para algo que nos afeta numa escala tão abrangente e passa por transformações a passos mais rápidos que qualquer mudança pela qual já passamos no passado? Basta olhar para intensificação nos processos de inovação entre os anos 60 e os anos 00.

O primeiro passo é compreender a iminente necessidade de se preparar, ou seja, se conscientizar. Num ambiente inexplorado empreendedores enxergam oportunidades, mas os indivíduos mal-intencionados vêem também a possibilidade de explorar e aproveitar a fragilidade de sistemas em desenvolvimento. Num ambiente/economia onde a tecnologia nos proporciona constante mudança e desenvolvimento, a atuação destes indivíduos é igualmente presente.

Existem diversos modelos e empresas preparadas para ajudar o mercado a entender as melhores estratégias para de preparar e se proteger. De alguma forma, a grande maioria dos modelos usados leva em consideração passos necessários que são bastante conhecidos: avaliar, quantificar, implementar, transferir e responder.

No entanto, há pouco destaque para o papel da comunicação nesse processo de preparação.

A comunicação tem um papel igualmente importante a todos os outros passos que devem ser dados. Os indivíduos mal-intencionados, os hackers, possuem uma comunidade muito próxima e ativa, que os permite intensificar a sua atuação. As empresas que trabalham com segurança e privacidade também se conhecem e estão bem integradas.

Por que as demais organizações não deveriam se comunicar também? Com isso, não só as companhias poderiam conversar a respeito de falhas, exposições comuns, perigos prováveis, tendências etc, mas também seria possível verificar a qualidade dos prestadores de serviço, por exemplo.

É evidente que esse passo requer um alto nível de maturidade, mas não necessariamente precisa começar nas grandes esferas mercadológicas. Às vezes a aproximação da própria cadeia de suprimentos da empresa pode gerar resultados surpreendentes. Talvez um bom começo poderia ser a criação de pequenos comitês de tecnologia e inovação ou privacidade e segurança. Ou ainda, competidores, pela semelhança dos seus tipos de negócio, poderiam se unir em fóruns para debater maneiras eficazes de inovar afastando de forma eficiente os riscos.

Comunicação também abrange a forma como o assunto é debatido pela própria empresa internamente. Num assunto que demanda a cooperação de toda a companhia, é preciso encontrar a maneira mais assertiva de debater e tratar o tema internamente, dando a ele a devida relevância e prioridade. O desafio está em contar com a boa vontade de todos os envolvidos em absorver o conteúdo referente ao assunto, além de propagar e perpetua-lo.

Empresas como a Brunswick podem ajudar companhias a elaborar planos de comunicação internos que sejam adequados à realidade da companhia, bem como planos de comunicação para momentos de crise, treinando e preparando executivos para estarem preparados para esclarecer dúvidas dos stakeholders no caso de um evento ocorrer.  

Eis aqui uma oportunidade para aqueles que procuram desenvolver novos negócios, possuindo o domínio sobre o tema segurança da informação e sabendo como dialogar a respeito do assunto de um jeito compreensível. é possível se tornar um valioso ativo para aqueles que têm buscado implantar as melhores práticas e procedimentos de comunicação.

empresa Empresas Digitais
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você