O poder dos cliques. Na palma das mãos toques viram cifras

Fenômeno mundial a relação do ser humano com seus smartphones é uma realidade incontestável e o 'vício' em apps atrai investimentos de empresas vorazes em fazer cliques virarem negócios

Marcus Imaizumi 31/07/2019 13h01
Logo Olhar Digital
A A A

Se há dez anos alguém dissesse que com apenas um toque na tela do celular seria possível comprar uma passagem aérea; alugar um apartamento; agendar uma consulta médica; fazer uma transferência bancária; conferir as ofertas e pratos do dia; enfim, que teríamos uma infinidade de opções de negócios, você acreditaria? Imaginaria que estaria tudo ali? Pronto. É só clicar e voilà, negócio fechado. Almoço garantido. Viagem comprada. Transferência realizada. Consulta agendada. Tudo com um único clique. Acho que no mínimo você duvidaria de tamanha evolução, não é mesmo?

Mas hoje esta é a realidade que faz parte da rotina de quase toda uma sociedade, que já dedica grande parte do tempo com o celular nas mãos. O brasileiro, por exemplo, passa em média 4h21 por dia conectado em um dispositivo móvel, segundo relatório da plataforma de gerenciamento de redes sociais Hootsuite. É como se o aparelho tivesse se tornado uma extensão do próprio corpo. Para nutrir essa necessidade constante de conexão, empresas de todo o mundo contam com um gigantesco aparato tecnológico, abastecido por um dos mais poderosos aliados da atualidade: a Inteligência Artificial. Ela, que desembarcou neste terreno há pouco mais de dois anos, conquistou de vez o mundo corporativo, fornecendo às empresas dados fundamentais para impulsionar negócios e gerar lucros.

Com inovação e tecnologia únicos, as máquinas coletam as informações que alimentam as companhias e dão gás às suas empreitadas. Trabalhando full time, são robôs que estão por toda a parte. Nos bastidores das pequenas, médias e grandes corporações, colhendo e enviando respostas rápidas, mostrando os caminhos e soluções tecnológicas que atendem as necessidades de consumidores e marcas. É uma verdadeira revolução acontecendo diante de nossos olhos, mudando a forma de conduzir negócios, sistemas e processos.

 

Um toque pode fazer a economia girar

O cenário mostra claramente que hoje um dos campos onde a Inteligência Artificial virou protagonista foi o da publicidade em dispositivos móveis. É onde vemos todo o potencial dele, e como o marketing se alia à esta tecnologia para se aperfeiçoar e, consequentemente, garantir performance e resultados de conversão nos anúncios.

Fenômeno mundial incontestável, o mercado de apps é a verdadeira “menina dos olhos” da indústria publicitária. Fomentando negócios nos quatro cantos do mundo, o segmento segue em ritmo frenético. De acordo com o portal App Annie, só no ano passado foram feitos mais 50 bilhões de downloads em celulares, tablets e peças do tipo. Braço direito do setor, a IA ajuda a produzir conteúdos e campanhas mais personalizadas, com um direcionamento assertivo, que propiciam engajamento maior dentro da plataforma.

Caminhando a passos largos, o Brasil vem mostrando potencial gigante para o setor. No ano passado despertou de vez a atenção do mercado de anúncios pagos, chegando a movimentar cifras que superaram mais de US$ 3 bilhões. Foi quando a classe empresarial notou que o consumidor brasileiro está hoje muito mais que conectado. Ele tem fome de tecnologia. Fala, joga, curte, compartilha, interage e compra. Ao perceberam essa transformação do perfil, os anunciantes passaram a investir tanto no setor, que a telefonia móvel nacional abocanhou nada menos que metade do mercado digital da América Latina, totalizando US$ 5,29 bilhões.

Focadas em atrair e reter seus usuários dentro de uma plataforma de negócios, as companhias investem e veem aumentar suas receitas através de campanhas em aplicativos móveis. A medida vem dando tão certo, que há muito tempo deixou de ser apenas uma tendência e virou regra dentro das principais corporações. Não à toa, agências e profissionais de marketing se debruçam sobre pesquisas e os bilhões de pontos de dados de clientes, para terem um campo de visão concreto sobre as formas de atuar no marketing de aplicativos.

 

IA e o marketing na geração de negócios

Considerado pelo renomado cientista americano Stephen Hawking uma das mais importantes invenções da humanidade, a Inteligência Artificial é uma das mais poderosas aliadas das corporações em todo o mundo. Ela é praticamente o oxigênio que empresas e indústrias têm respirado em busca de soluções e métodos eficazes na geração de negócios.

Fornecendo uma infinidade de dados preciosos, que são as matérias-primas, para que as companhias consigam definir estratégias de mercado e ações e marketing eficientes, a IA tem permitido que as empresas entendam seus nichos e se conectem a ideias inovadoras para, por exemplo, produzir campanhas publicitárias eficazes, cuidadosamente pensadas desde o lançamento, passando pelo crescimento, até a retenção dos usuários. Essa tríade bem executada vai garantir uma abordagem mais envolvente de usuários dentro das plataformas.

Com a IA promovendo uma revolução tecnológica no mercado global, o atual universo do mobile marketing não pode ficar para trás e precisa beber dessa fonte. Porque não basta apenas ser visto. É preciso atrair atenção, gerar views e buzz, promover engajamento, interação. Por isso, usar e abusar do potencial desta tecnologia pode ser a melhor aposta para transformar cliques em negócios.

Marketing Inteligência Artificial marketing digital
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você