Lu Explica - Educação
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Como o edutainment pode contribuir com a educação?

Samir Iasbeck 12/02/2019 15h00

Com tantas coisas acontecendo ao mesmo tempo, incentivar alunos a focar nos estudos é uma tarefa cada vez mais complicada.

Com tantas coisas acontecendo ao mesmo tempo, incentivar alunos a reservarem algumas horas do dia para focar nos estudos é uma tarefa cada vez mais complicada. Por isso, se tornou fundamental recorrer à atividades e métodos que gerem interesse, já que somos tomados por distrações diariamente. Sendo assim, por que não usar estratégias que despertem a curiosidade e alcancem o objetivo final que é agregar conhecimento?

As possibilidades são inúmeras, mas gostaria de destacar o conceito de Edutainment. Como o nome já diz, a palavra é a junção de education (educação) e entertainment (entretenimento) e usa ferramentas divertidas, como games, filmes, seriados de TV, aparelhos móveis e até robôs inteligentes para ensinar algum conteúdo. Apesar de parecer recente, a ideia surgiu na década de 40 quando a Walt Disney Productions começou sua produção de documentários focados em entretenimento educativo. Desde então, muitos outros educadores e entusiastas do tema têm aplicado a técnica que é norteada por três princípios básicos: envolvimento, interação e imersão.

Para envolver um estudante em determinado conteúdo é necessário, além de entregar materiais relevantes, realizar atividades dinâmicas e que despertem a sua curiosidade. Levando em consideração todas as distrações que enfrentamos na rotina diária principalmente com o uso de smartphones, por que não usá-los de maneira mais produtiva?

Um estudo realizado pelo núcleo de ensino da Universidade Estadual de São Paulo (UNESP) aponta que o uso de ferramentas tecnológicas educativas aumenta em até 32% o rendimento dos alunos em física e matemática; comparando-se ao conteúdo expositivo da maneira tradicional em aula. Ou seja, dá sim para aproveitar o smartphone de maneira mais eficaz com a gamificação, por exemplo. Essa técnica usa recursos de jogos em outros contextos e pode ser a chave para os estudos.

Outra ferramenta que pode ser muito interessante é a utilização de seriados e filmes no aprendizado. Nesse caso, há inúmeras matérias que podem ser estudadas enquanto se assiste a um filme como, história, geografia, literatura, quando falamos de filmes baseados em livros, e até mesmo inglês.  Com a direção certa, normalmente indicada por um professor, é possível entender melhor determinado assunto além de fazer uma verdadeira imersão com o envolvimento que um bom longa-metragem traz.

Podemos considerar também os canais no YouTube com vídeos preparados por educadores. Muitos são elaborados com conteúdos relevantes e cativantes para que, de fato, prendam a atenção do aluno, fazendo-o se interessar mais pelo tema abordado.

É importante ressaltar que a técnica nem sempre precisa estar atrelada à tecnologia. Ela pode ser feita também com jogos de tabuleiro de perguntas e respostas, por exemplo. Mas, em tempos onde estamos sempre conectados, não podemos deixar de usá-la como grande aliada.

Citei algumas possibilidades, mas não é só isso! Existe também a Realidade Virtual, Realidade Aumentada, Chatbot, Inteligência Artificial, Dispositivos Vestíveis, entre muitos outros. É essencial entendermos que não é necessário estar preso a um único método, podemos combiná-los, adaptando-os da melhor maneira para contribuir de forma significativa na formação e em um melhor entendimento do conteúdo proposto.

Educação Digital
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você