Coronavirus_Covid19

Brasil completa um mês com tendência de aceleração do ritmo de contágio

Nina Gattis, editado por Liliane Nakagawa 26/03/2020 20h40
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Dos países que lideram o ranking de infectados, Brasil fica atrás apenas da China ao completar um mês desde o primeiro caso confirmado de Covid-19 em território nacional

Nesta quarta-feira (26), completa-se um mês desde que o Brasil confirmou seu primeiro caso de coronavírus. Até o momento, os dados atualizados apontam 2.915 infectados e 77 mortes em todo o país.


Por aqui, o primeiro óbito foi notificado no dia 17 de março, um dia depois que grandes estados, como São Paulo e Rio de Janeiro, restringiram seus serviços e a circulação de pessoas.

Concomitantemente, nos países afetados pela doença já se havia medidas de reclusão há alguns dias. Abaixo, descrevemos como foi o primeiro mês de contaminação nesses países mais afetados.

China

País de origem da doença Covid-19, a China alertou Organização da Saúde (OMS) sobre o novo vírus no dia 31 de dezembro de 2019. A partir de então, foram pouco mais de 20 dias até que a cidade de Wuhan, epicentro das infecções, fosse isolada. No dia 24, mais de 40 milhões de habitantes entraram em quarentena em todo o país. No penúltimo dia do mês, o presidente Xi Jinping fechou as fronteiras e, no dia 31, exatamente um mês após o estopim, China registrava 9.802 casos confirmados e 213 mortes - com taxa de mortalidade de 2,2%.

Coreia do Sul

O primeiro caso sul-coreano foi registrado no dia 20 de janeiro. O governo começou, então, a rastrear os possíveis focos de transmissão, monitorar os casos suspeitos e estabeleceu quarentena a todos que vieram de Wuhan no recente período.

Além disso, a Coreia do Sul fez testes em massa, isolou os contaminados, enviou avisos via SMS para pessoas que estivessem próximas de onde houveram casos confirmados, incentivou o home office e desinfectou estações de metrô.

Tudo isso aconteceu até o dia 2 de fevereiro. A partir do dia 3, mais de 300 escolas adiaram a volta às aulas. Quando foi 19 de fevereiro, as autoridades perceberam que os casos confirmados explodiram porque uma pessoa infectada frequentou um culto religioso. Exatamente um mês após o primeiro diagnóstico positivo, a Coreia do Sul tinha 104 casos confirmados e uma morte - com taxa de mortalidade de 0,9%.

Estados Unidos

Nos Estados Unidos, a primeira pessoa contaminada foi registrada no dia 22 de janeiro. A primeira medida do governo estadunidense foi colocar em quarentena apenas os repatriados, no caso, pessoas retiradas de Wuhan, na China, e resgatas de um cruzeiro no Japão. Completado o primeiro mês, os Estados Unidos tinham apenas 15 casos confirmados e nenhuma morte.

Itália

Dentre os países anteriormente citados, a Itália foi a que mais demorou para registrar o primeiro caso confirmado da Covid-19 - 31 de janeiro. No mesmo dia, o governo suspendeu os voos com origem ou destino à China. Vinte dias depois, uma primeira morte foi registrada e o país contava com 17 infectados. No dia seguinte, 22 de fevereiro, a região da Lombardia, mais afetada pelo coronavírus na Itália, recebeu toque de recolher. Cerca de 50 mil pessoas foram atingidas pela medida.

Em seguida, o primeiro-ministro Giuseppe Conte suspendeu decretos municipais e estaduais com o argumento de que ações descentralizadas contribuíam para gerar caos. No dia 1º de março, um mês após o início da pandemia no país, que hoje é considerado o epicentro, a Itália possuía 1.694 contaminados e 29 mortes - com taxa de mortalidade de 2,6%.

Brasil

No dia 26 de fevereiro, o Ministério da Saúde confirmou o primeiro caso brasileiro da Covid-19 em São Paulo. Após 20 dias, o estado do Rio de Janeiro decretou quarentena, enquanto a capital paulista e outros sete estados, mais o Distrito Federal, suspenderam as aulas e restringiram a circulação de pessoas.

Exatamente um dia depois, em 17 de março, São Paulo registrava a primeira morte por coronavírus no país. Contudo, foi apenas no dia 24 que começaram a valer a quarentena em todo o estado.

Após um mês desde o primeiro infectado, o Brasil conta com 2.915 contaminados e 77 mortes - com taxa de mortalidade de 2,6%.

Considerando o histórico do vírus nos quatro outros países afetados, o Brasil só perde para a China no número de casos confirmados em um mês de contágio.

Reprodução

Via: G1



Confira em tempo real a COVID-19 no Brasil:



Brasil China estados unidos Itália Coréia do Sul coronavirus covid19
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você