São Paulo é responsável por 40% das fraudes no e-commerce

São Paulo é responsável por 40% das fraudes no e-commerce