A streamer feminina de maior sucesso da Twitch, Kaitlyn Siragusa, também conhecido como “Amouranth”, foi simultaneamente banida da plataforma, do TikTok e do Instagram no último dia 8 de outubro. As razões ainda são desconhecidas, mas isso marca a fifth time que a infame influencer da “banheira de hidromassagem” é subitamente removida de redes sociais.

Os banimentos da Twitch geralmente são acompanhados por um clipe específico que ilustra rapidamente o porquê de um streamer ter sido removido, mas parece que até a própria Siragusa não sabe por que foi banida do serviço onde alcançou fama dessa vez.

advertising

No último bloqueio (que, como os outros, ocorreu por conteúdos de conotação sexual), o canal dela chegou a ser desmonetizado por tempo indeterminado, mas a empresa ainda a considerava uma parceira na plataforma.

Da mesma forma, Amouranth também foi banida do Instagram e TikTok – que também não tornaram público o motivo pelo qual ela foi silenciada na plataformas.

No entanto, a streamer parece estar levando o banimento com calma e com muito bom humor. Ela acalmou os seguidores no Twitter com publicações zombando toda a situação de “desplataformar” ela e, inclusive, fez um vídeo no YouTube (watch below) fazendo piadas da coincidência de ela ter sido bloqueada junto com as recentes quedas da Twitch, Facebook e Instagram.

Amouranth foi classificada como a streamer feminina mais assistida do Twitch no terceiro trimestre de 2021, com 12,1 milhões de visualizações, de acordo com o site Sideqik. Apesar da proibição tripla, ela não terá problemas financeiros. Por meio da monetização que a streamer tem no OnlyFans e Fansly, ela afirma ter um lucro líquido de US$ 1,3 milhão (mais de R$ 7 milhões) por mês – mais do que ela recebe na plataforma de games, according vazamento recente.

Com base na reação às notícias no Twitter e no YouTube, Siragusa parece indecisa se ela planeja retornar à Twitch, de fato – que devolveu o canal à streamer na última segunda-feira (11). Quando perguntou aos seguidores qual deveria ser a “nova meta”, ela disse que levaria as sugestões “em consideração caso voltasse à plataforma”.

No Twitter e no YouTube, ela revelou que se concentraria na criação de conteúdo em outras plataformas após o quinto banimento. Siragusa também expressou interesse em criar um capital de risco (venture capital)thot tank” para outros criadores como ela, que fazem conteúdos impróprios para serem vistos em ambiente de trabalho (NSFW) que não é “super comercial”.

Instagram e TikTok, até o momento, não removeram o banimento de Amouranth.

Read more:

Source: Kotaku

Have watched the new videos on YouTube do Olhar Digital? Subscribe to the channel!