O Brasil foi considerado o quinto maior produtor de lixo eletrônico do mundo, no entanto, 33% dos brasileiros acreditam que esse lixo se trata de coisas digitais, como correo no deseado (spam), e-mails, fotos ou arquivos – o que explica apenas 3% dos resíduos reciclados.

De acordo com a pesquisa ‘Resíduos eletrônicos no Brasil – 2021’, 87% da população brasileira guarda algum tipo de lixo eletrônico sem utilidade por mais de dois meses e 25% das pessoas que produzem este tipo de resíduo nunca foram até um ponto de coleta adequado.

publicidad
Você sabe como descartar corretamente o lixo eletrônico? Imagem: Parilov/Shutterstock

Cerca de 33% dos entrevistados chegaram a afirmar que não tinham conhecimento sobre pontos de coleta ou descarte de lixo eletrônico e, desses, a pesquisa nota que o maior desconhecimento é da classe social C (41%), seguido pela B (26%) e A (24%).

O que é lixo eletrônico?

O lixo eletrônico é composto por todos dispositivos eletroeletrônicos que estejam danificados ou que simplesmente não funcionem mais, como celular, televisões, tablets, computadores, eletrodomésticos e até mesmo fones de ouvidos, parte de carregadores, pilhas e baterias.

Este tipo de material precisa de um descarte específico pois contém metais pesados e nocivos, tais como Plomo, cádmio, níquel, mercúrio, zinco, podendo se tornar tóxicos aos seres humanos, animais e até mesmo ao solo.

¡Lee también!

Como descartar corretamente o lixo eletrônico?

Primeiro é necessário conhecer as normas de descarte dos produtos indicadas pelo próprio fabricante. Muitos deles, inclusive, possuem pontos de coleta do lixo eletrônico, medida prevista pela Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/2010) e regulamentada pelo Decreto Federal 10.240/2020.

Caso não haja algum suporte do fabricante nesse sentido, procure por pontos de descarte na sua própria cidade. Fazendo uma busca rápida pela internet é possível encontrar pontos de reciclagem desse tipo de descarte.

Algumas prefeituras possuem programas próprios para o recolhimento desses resíduos.

Também existem algumas ONGs que realizam este trabalho. É possível verificar o Ponto de Entrega Voluntária mais próximo de você, haga clic aquí y confiera.

Créditos da imagem de destaque: Imagem: DAMRONG RATTANAPONG/Shutterstock

He visto los nuevos videos en YouTube do Olhar Digital? ¡Suscríbete al canal!