Segurança

Barack Obama, espionagem
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Saiba como não se tornar mais uma vítima dos espiões

Camillo Di Jorge 17/09/2013 11h20

Diante dos atos de espionagem virtual, é preciso pensar e repensar suas práticas e hábitos no uso da internet

Os espiões estão em alta no mundo inteiro e há muito não se via tantos flagrantes de espionagem no mundo, que agora conta com alta tecnologia para suas ações. A mídia global tem divulgado esses delitos, como aconteceu no Brasil com a revelação de que o país e o Governo de Dilma Roussef são os principais alvos de espionagem do departamento de Inteligência dos Estados Unidos.

A grande questão nesse momento é: "isso pode influenciar e mudar a rotina das empresas e dos cidadãos brasileiros? Como?" A resposta é clara: sim, a mudança deve ser grande, mas provavelmente para melhor no quesito segurança e prevenção. 

Com todos esses acontecimentos o governo brasileiro passa a estudar formas de aumentar a segurança interna das informações do país, além de pedir investigação criteriosa junto às Operadoras de Telecomunicações e solicitar urgência na aprovação do Marco Civil da Internet. Essas ações de forma natural respingam e influenciam em toda a população e deve refletir em mais cuidados nos procedimentos de segurança.

Ações governamentais como criar leis e um sistema nacional de e-mails contra espionagem, como anunciado pela Presidenta do país para tentar impedir novos crimes virtuais como espionagem são louváveis, mas leis muito rígidas e que possam inibir o uso da rede não são aconselháveis e vão à contramão da premissa básica do mundo virtual, que é a liberdade de expressão.

É necessário entender que o acesso à internet é um sistema chamado de tecno – social, onde é necessário ter a tecnologia aliada a pessoas online, se comunicando com outras pessoas e utilizando esse meio para diversos fins, livremente e sem barreiras. Mecanismos de criptografia, sistema de e-mail mais seguro e soluções tecnológicas de segurança e prevenção adequadas para cada empresa e necessidade do usuário podem ajudar na proteção do uso da maior rede de relacionamento e comunicação do mundo, a internet.

Mas, a adoção de todo um sistema de segurança pode se tornar menos eficiente, se não houver o entendimento de como utilizar de forma segura esse ambiente virtual. Educação é fundamental um item importante para ter resultados ainda melhores na questão segurança, em qualquer que seja a situação, no trabalho, em casa, no lazer ou em qualquer atividade, de trabalho ou de relacionamento nas redes sociais. .

Diante da expansão alarmante desses atos de espionagem virtual, é preciso pensar e repensar suas práticas e hábitos no uso da internet. Antes de clicar em um link desconhecido, abrir um e-mail de remetente não confiável, criar uma senha ou digitá-la, pense e analise sobre os riscos que essas simples ações podem ocasionar para a segurança de seus dados.  Com toda certeza, tomando os cuidados necessários, seguindo as melhores práticas de utilização da internet, já citadas aqui em outros artigos, aliado à adoção de sistemas básicos de proteção e segurança, você estará seguro, e o mais importante, suas informações também.

Segurança Governança corporativa Corporativismo espionagem
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você