1/3 dos perfis vazados do Ashley Madison é falso, sugere site

Gustavo Sumares, editado por Marcelo Gripa 26/08/2015 14h00
ashley madison
A A A
O site de visualização de dados Dadaviz produziu uma série de gráficos e tabelas com base em informações vazadas sobre o site de relacionamentos extraconjugais Ashley Madison. De acordo com o site, mais de um terço dos perfis cadastrados no site eram falsos.

Segundo o Dadaviz, apenas 66% dos 36.397.896 endereços no site eram endereços válidos, o que sugere que mais de um terço das contas do Ashley Madison eram perfis falsos.

Os Estados Unidos lideram a lista de países com mais e-mails governamentais cadastrados, com 1405. O Brasil fica em segundo lugar, com 918. Austrália (597), África do Sul (340) e Canadá (288) fecham o top 5 dessa categoria. Os demais países da lista possuem, todos, menos que 100 e-mails governamentais registrados cada.

Na elaboração desse ranking, o Dadaviz contabilizou apenas os endereços de e-mail verificados: aqueles que passaram por um procedimento por meio do qual o usuário que registrou o e-mail no Ashley Madison confirmava ser realmente o dono da conta.

Quem eram os usuários?

Segundo o Dadaviz, 86% dos usuários do Ashley Madison (31.343.378) eram homens. Destes, 18.336.616 diziam ser homens comprometidos em busca de parceiras do sexo oposto, enquanto apenas 344.955 eram homens (comprometidos ou não) em busca de outros homens.

O restante dos homens cadastrados (12.661.807) eram solteiros em busca de mulheres. Entre as mulheres, 2.384.824 eram comprometidas em busca de parceiros do sexo oposto, 1.892.878 eram solteiras em busca de homens e 777.794 mulheres (solteiras ou não) buscavam parceiras do mesmo sexo.

Apesar da fama do site de ser voltado para relacionamentos extraconjugais, 40% das contas cadastradas eram de pessoas que se declaravam solteiras. 57% eram de pessoas comprometidas e 3% de pessoas LGBT - o site não diferenciava entre usuários LGBT comprometidos e solteiros.

A Dadaviz levantou também as empresas com mais e-mails cadastrados no site. São elas IBM, HP, Cisco, Apple, Intel, Microsoft, Samsung, SAP, Oracle e Qualcomm.
Hackers redes sociais hack rede social
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você