Mark Zuckerberg

A prometida ferramenta de privacidade do Facebook será lançada ainda este ano

Redação Olhar Digital 27/02/2019 09h11
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Apesar de prejudicar a capacidade da rede de segmentar anúncios, o Facebook disse que a confiança do usuário é mais importante

Depois do escândalo da Cambridge Analytics (entre outros), o Facebook tenta incessamente recuperar a confiança do usuário lançando várias ferramentas de segurança. Por isso, durante a conferência da Morgan Stanley Technology, Media & Telecom, o diretor financeiro da empresa, David Wehner, apresentou um novo recurso de privacidade da rede social, chamado de Clear History.


A ferramenta funciona dando ao usuário total controle sobre quais atividades e informações ele quer deixar gravado no Facebook durante seu tempo na rede social e o que quer apagar do histórico. "Será um controle simples para limpar o seu histórico de navegação no Facebook - o que você clicou, sites que você visitou, e assim por diante ”, escreveu Zuckerberg em uma nota postada em seu perfil pessoal. Ele ainda disse que espera, assim, responder as muitas dúvidas sobre de onde vêm as informações que são usadas no direcionamento de anúncios e análise da rede. 

Ainda não se ssabe exatamente a aparência ou o modo funcionamento dessa ferramenta. Porém, o Facebook, atualmente, utiliza as informações de navegação dos usuários tanto dentro quanto fora do site para análise e segmentação de anúncios. Portanto, essa mudança pode ter um impacto enorme na habilidade da empresa de direcionar propagandas.

Mas, de acordo com Mark, o mais importante no momento é recuperar a confiança perdida do usuário. Recentemente, a rede social conta com mais recursos de transparência sobre o uso de dados.Entre eles, está algum controle do usuário sobre como as informações sobre eles no site podem influenciar os anúncios que eles veem, incluindo se os anunciantes podem segmentar você com base nas informações coletadas de parceiros terceirizados. E também permite controlar se você vê anúncios relacionados a casamento, álcool ou status de relacionamento, entre outras opções. O Clear History seria uma adição mais intuitiva para dar ao usuário ainda mais controle de privacidade.

Em declaração sobre o novo recurso, Zuckerberg reafirma que os membros do Facebook devem ter direito ao controle dos seus dados pessoais. "É algo que os defensores da privacidade têm pedido - e vamos trabalhar com eles para garantir que acertemos", complementou ele.

De acordo com o Buzzfeed News, a ferramente deve estar pronta para uso entre na primavera norte-americana, que compreende os meses de março e junho. 

Segurança Facebook privacidade MARK ZUCKERBERG cibersegurança cambridge analytica
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você