Adolescente ganha prêmio por hackear Pentágono

Cerca de dois meses após o Pentágono anunciar o programa para encontrar falhas em seu sistema, um adolescente de 18 anos conseguiu quebrar a segurança do Departamento de Defesa dos Estados Unidos.

David Dworken e os outros participantes do “Hack The Pentagon” irão dividir um prêmio de US$ 75 mil, sendo que as recompensas variam de US$ 100 a US$ 15 mil de acordo com o grau de vulnerabilidade encontrado.

Dworken e outro hacker, o especialista em computação Craig Arendt, foram os que encontraram os problemas mais graves, logo vão receber os maiores prêmios. 

Segundo o secretário de Defesa Ash Carter, dos 1.400 inscritos, mais de 250 relataram, pelo menos, um erro no sistema do Pentágono, sendo que 138 foram considerados legítimos a ponto de receber o prêmio.

O projeto convidou hackers a testarem a cibersegurança de alguns sites públicos do Departamento de Defesa, assim como muitas empresas de tecnologia, que acabam oferecendo recompensas para aqueles que ajudarem.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ