Copa do Mundo, Anonymous

Anonymous ataca sites brasileiros em protesto contra Copa do Mundo

Redação Olhar Digital 11/06/2014 16h16
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Não é só com os manifestantes de rua que o Brasil terá de se preocupar durante a Copa do Mundo, que começa nesta quinta-feira, 12. Hoje, contas atribuídas ao coletivo hacker Anonymous divulgaram uma série de sites que teriam sido atacados por eles.

Na lista constam nada menos que 61 links, contando com os que teriam sido hackeados, tirados do ar ou que tiveram modificações na home.

Entre os sites supostamente hackeados estão os da prefeitura de Indaial (SC), Barro (CE) e Nova Luzitânia (SP), além do Procon paulista - todos também listados junto com os que foram tirados do ar.

Dos mais de 10 que teriam sido derrubados destacam-se os sites da Abin (Agência Brasileira de Inteligência), da agência Africa, que criou o logo da Copa, e da CBF.

A lista dos alegadamente modificados é bem maior, com quase 40 sites. Até a página do cantor Caetano Veloso teria sido alvo.

Nem todos os endereços indicados parecem ter relação direta com a Copa do Mundo, e uma parte deles funciona normalmente, mas há vários que realmente estão fora do ar.

No Facebook e no Twitter o Anonymous promete continuar com os ataques, que fazem parte das operações #OpHackingCup e #OpWorldCup.

Segurança Brasil Copa do Mundo hack Anonymous Hacktivismo
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você