App de pornografia "sequestra" smartphones e pede US$ 500 de resgate

A empresa americana de segurança Zscaller descobriu que um app de pornografia está fotografando secretamente os usuários e os chantageando. De acordo com os pesquisadores da companhia, o Adult Player, que roda em smartphones Android, tira fotos do usuário com a câmera frontal e bloqueia o celular, pedindo um "resgate" de US$ 500.

O app não estava disponível na Google Play, mas podia ser instalado através de uma página na internet. Para conseguir o dinheiro, os criminosos usavam o possível constrangimento do usuário de ter suas fotos vazadas. "Se você não paga, sua reputação pode ser afetada", afirmam os pesquisadores.
A tática é conhecida como ramsomware e tem se popularizado nos últimos meses. De acordo com a Intel Security em um ano o número de ataques utilizando o método cresceu 127%. "Uma das razões para o aumento é que eles são fáceis de fazer. Há pessoas que são pagas para fazer o trabalho, e isso é muito bem pago. Um grupo que rastreamos ganhou US$ 75 mil em 10 semanas", explica Raj Samani, chefe de tecnologia da Intel Security na Europa.

Segurança
Para se proteger, a dica é sempre fazer o download de aplicativos em lojas certificadas pela desenvolvedora do sistema e não clicar em links suspeitos. A empresa de segurança afirma ainda que quem baixou o Adult Player deve reiniciar o aparelho no modo de segurança, que permite apagar ameaças sem que os apps sejam ligados.


Via BBC 

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ