Apple vai quebrar seu iPhone

Empresa diz que atualização futura pode fazer com que iPhones “hackeados” deixem de funcionar

Em um comunicado oficial, a Apple anunciou que muitos dos programas usados para destravar o iPhone causam “dano irreparável” ao firmware (sistema operacional) do aparelho, e que aparelhos modificados provavelmente deixarão de funcionar quando a empresa lançar a próxima atualização de sistema nesta semana. Entre os recursos esperados estão a capacidade de comprar músicas online a partir do próprio iPhone, na iTunes Wi-Fi Store.

 

A empresa também alerta que modificações não autorizadas no software do aparelho invalidam a garantia e violam os termos do contrato de licença do aparelho. Algumas Apple Store nos EUA já começaram a rejeitar aparelhos modificados, adicionando seus números de série à uma “lista negra”. Usuários de todo o mundo, inclusive o Brasil, tem usado software como o AnySIM, que desbloqueia o iPhone e permite seu uso com qualquer operadora de telefonia GSM, e não apenas a norte-americana AT&T.

 

 

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ