Segurança

Avião, Boeing 747

Avião que oferece internet sem fio pode ser hackeado, afirma relatório

Caroline Rocha, editado por Marcelo Gripa 15/04/2015 13h44
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Um relatório do órgão responsável pelas avaliações e investigações do Congresso dos Estados Unidos (GAO) identificou risco de invasão do sistema de companhias aéreas que disponibilizam sistemas de entretenimento sem fio durante um voo.

De acordo com o GAO, passageiros que eventualmente utilizem o serviço podem acessar os controles de voo do avião. Especialistas em segurança cibernética explicam que firewalls a bordo destinados a proteger a aeronave de hackers podem ser violados se os sistemas de controle de voo e de entretenimento utilizarem a mesma rede. "A conectividade com a Internet na cabine deve ser considerada uma ligação direta entre a aeronave e o mundo exterior, que inclui potenciais atores mal-intencionados", afirma o relatório.

O chefe da Administração de Aviação Federal do país (FAA), Michael Huerta, concordou com as conclusões do GAO e disse que o órgão que regula a aviação começou a trabalhar com especialistas de segurança do governo, incluindo a Agência de Segurança Nacional (NSA), para identificar as mudanças necessárias.

"Este relatório expôs uma ameaça real e séria: ciberataques numa aeronave em voo", afirmou o deputado Peter DeFazio, líder democrata na Comissão de Transportes e Infraestrutura da Câmara. "A FAA precisa focar em padrões de certificação de aeronaves que possam impedir um terrorista com um laptop na cabine ou no solo de assumir o controle de um avião de passageiros por meio do sistema de rede sem fio", finalizou.

Via Reuters

Hackers avião ataques virtuais
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você