Coreia do Norte espiona Coreia do Sul durante 2 anos e rouba 40 mil documentos

Hackers da coreia do norte teriam roubado milhares de documentos relacionados à indústria de defesa da Coreia do Sul, incluindo projetos de aviões caça. A informação veio de autoridades de Seul, que afirmou que o ataque foi muito mais amplo do que imaginavam.

O ataque foi iniciado em 2014, mas só foi descoberto em fevereiro deste ano. Ao todo, mais de 40 mil documentos foram roubados.

"Há uma grande possibilidade de que a Coreia do Norte tenha tido como objetivo causar confusão em escala nacional, lançando um ataque simultâneo depois de encontrar muitos alvos, ou estivesse destinada a roubar continuamente segredos industriais e militares", afirmou o governo.

No entanto, nenhum dos materiais relacionados à defesa eram secretos. Representantes de organizações afetadas também afirmaram que os documentos vazados não eram confidenciais. A Coreia do Norte negou as acusações.

Via Engadget

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ