Cuidado: novo golpe usa legendas piratas para sequestrar computadores

Graças a plataformas como PopcornTime, quem costuma consumir conteúdo pirateado não precisa mais se preocupar com o download, bastando procurar o material num desses programas, incluir a legenda e assistir. Só que tamanha comodidade vem a um preço alto.

Na última terça-feira, 23, a Check Point informou ter descoberto um golpe que usa o sistema de obtenção e reprodução de legendas dessas plataformas para invadir o computador dos espectadores.

A empresa de segurança testou o método em quatro reprodutores de mídia: PopcornTime, Kodi, VLC e Stremio. Todos apresentavam vulnerabilidades e, juntos, eles reúnem cerca de 200 milhões de usuários, o que dá uma dimensão do tamanho do problema.

Mais de um fator contribuiu para o nascimento do golpe. Por exemplo, há mais de 25 formatos de legenda, o que força os programas a trabalharem de forma genérica a respeito do recurso. Além disso, a maioria das legendas chega como um simples arquivo de texto, então nem mesmo os antivírus as tratam como ameaça.

A Check Point mostrou que é possível manipular repositórios enormes, como o OpenSubtitles.org, para que as legendas maliciosas apareçam melhor posicionadas em seus rankings, e plataformas como PopcornTime e Stremio usam essas classificações para baixar e ativar os arquivos automaticamente, então o usuário pode ser atacado sem ter feito nada.

Os quatro programas analisados já fecharam as portas para a vulnerabilidade, mas, no caso de PopcornTime e Kodi, as atualizações ainda não estão disponíveis para download em canais tradicionais, então é recomendável interrmper a prática de pirataria. Sem contar que a Check Point acredita que o golpe esteja presente em outros softwares do tipo, apesar de não ter feito mais testes para comprovar a tese.





RECOMENDADO PARA VOCÊ