Segurança

Logo Olhar Digital

Dois minutos bastaram para programador invadir MacBook Air

Redação Olhar Digital 31/03/2008 10h49
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Participantes também podiam tentar invadir máquinas com Linux e Windows.

imac

O especialista em tecnologia Charlie Miller ganhou notoriedade por ter quebrado o código do iPhone no ano passado. Já em 2008 seu grande feito foi registrado na última quinta-feira, 27, quando ele conseguiu invadir um MacBook Air, também da Apple, em apenas dois minutos.  

De acordo com o site “Macworld”, ao cumprir o desafio do evento de segurança PWN 2 OWN, realizado nos EUA, ele embolsou um prêmio de US$ 10 mil (cerca de R$ 17,4 mil) e levou o MacBook Air. Os organizadores do evento disponibilizaram o notebook da Apple, um Sony Vaio e um Fujitsu U810 para os participantes. Aqueles que conseguissem invadir as máquinas poderiam levá-las para casa.

Em 2005, Miller ganhou US$ 50 mil pela descoberta de uma falha no sistema operacional Linux – a informação foi comprada por uma agência governamental, diz o “Macworld”.

Ninguém conseguiu completar o desafio no início do evento, quando as regras eram mais rígidas. Na quinta-feira, no entanto, elas ficaram mais flexíveis e os competidores puderam usar as máquinas para visitar sites e abrir mensagens de e-mail. De acordo com o “Macworld”, as regras determinavam que os competidores só poderiam tirar vantagem dos programas já instalados nos notebooks. Por isso, continua o site, a falha explorada pode ter sido encontrada no navegador Safari, da Apple.

Segurança Laptops Evento Computadores Microsoft Hackers Mac Programas Linux
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você