Empresa israelense estaria ajudando FBI no desbloqueio de iPhone

No início da semana, a justiça dos Estados Unidos suspendeu a audiência entre FBI e Apple a pedido dos investigadores, que afirmaram ter descoberto uma maneira de desbloquear o iOS sem o auxílio da Apple. No pedido, o órgão citou um "novo método de arrombamento de uma fonte externa anônima".

De acordo com rumores, a fonte externa é uma empresa israelense de software forense chamada Cellebrite. "O FBI estaria usando os serviços da empresa israelense como parte de seu esforço para quebrar a proteção no iPhone bloqueado de um terrorista, de acordo com especialistas familiarizados com o caso", diz o site Ynet.

A Cellebrite tem um contrato assinado com o FBI desde 2013, para ajudar na extração de dados de dispositivos móveis, exatamente a tarefa que precisa ser realizada no caso em questão. Especialistas acreditam que a empresa use uma técnica chamada Espelhamento NAND, que essencialmente copia a memória flash do dispositivo para que possa ser restaurada após um lockscreen wipe.

Via TheVerge

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ