EUA pede ajuda a empresas do vale do silício para combater ataques virtuais

O secretário de defesa dos Estados Unidos, Ash Carter, está se aproximando de empresários do Vale do Silício para oferecer a eles a chance de testar os mecanismos de defesa contra ataques cibernéticos do país norte-americano.

Em entrevista a Kara Swisher, do podcast Re/code Decode, o executivo afirmou que está criando um “jogo de guerra” para simular cenários hipotéticos e formular estratégicas do que fazer caso a segurança digital do país fosse ameaçada. “Obviamente que algumas pessoas irão tentar atacar nossos sistemas, por isso que a criptografia e a segurança cibernética são tão importantes para nós”.

A ideia é que especialistas de segurança possam ajudar a governo a tomar as melhores decisões de acordo com os cenários apresentados. A equipe será liderada pelo comandante do Defense Digital Service, projeto do Departamento de Defesa dos Estados, Chris Lynch que é ex-funcionário da Microsoft.

O político também está preocupado com a atuação do grupo terrorista Estado Islâmico no ambiente virtual, o qual chamou de “primeiro grupo terrorista de social media”. “Estamos nos equipando e treinando para combater o controle do EI na internet. Estou confiante de que vamos recuperar o território perdido”, disse.

O representante da Casa Branca também foi questionado sobre a questão da briga judicial envolvendo o FBI e a Apple envolvendo a criptografia de smartphones. Segundo ele, o Departamento de Defesa apoia a forte criptografia de aparelhos individuais.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ