Telegram ISIS

Estado Islâmico usou Telegram para fomentar terrorismo durante a Olimpíada

Redação Olhar Digital
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Na manhã desta quinta-feira, 21, a Polícia Federal prendeu uma suposta célula do grupo terrorista Estado Islâmico no Brasil. Antes disso, porém, o instituto de consultoria de segurança SITE Intelligence descobriu que os extremistas usavam o Telegram para fomentar ataques durante as Olimpíadas do Rio de Janeiro.

O aplicativo de mensagens usa um sistema de criptografia para esconder o conteúdo das conversas, assim como faz o WhatsApp. Neste caso, seguidores do Estado Islâmico, conhecidos como "lobos solitários", recebiam dicas e sugestões pelo app sobre como organizar ataques durante os Jogos.

Os principais alvos, segundo as conversas interceptadas, eram delegações de atletas da França, Estados Unidos, Inglaterra e Israel. Em junho, o grupo terrorista criou o primeiro canal de comunicação em português no Telegram para se comunicar com agentes adormecidos no Brasil.

Via CNN

Segurança Aplicativos telegram
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você