EUA pressionam Apple e Microsoft sobre acesso a dados de usuários

A criptografia ponta-a-ponta que a Apple utiliza em seu serviço de mensagens, o iMessage, não tem agradado muito o governo federal dos Estados Unidos.

De acordo com o New York Times, em uma investigação sobre armas e drogas, o Departamento de Justiça dos EUA conseguiu um mandato que obrigava a Apple a ceder às autoridades mensagens de texto dos suspeitos. No entanto, a criptografia utilizada pela empresa tornava impossível responder ao mandato. 

A impossibilidade de responder às exigências do Departamento fez com que alguns de seus oficiais, junto com funcionários do FBI, sugerissem que a empresa fosse processada. Por ora, no entanto, isso ainda não ocorreu.

Outra empresa de tecnologia que o governo dos EUA tentou pressionar de maneira semelhante foi a Microsoft. Em dezembro de 2013, a empresa se negou a divulgar os e-mails de um usuário dos serviços da empresa que era suspeito de envolvimento em um esquema de tráfico de drogas.

A empresa de Bill Gates alegou que, como as mensagens estavam armazenadas em um servidor na Irlanda, o Departamento de Justiça precisaria conseguir um mandato de uma autoridade irlandesa.

Entrada de serviço

A dificuldade em acessar dados de usuários de serviços de mensagens digitais, mesmo em situações apoiadas pela legislação, é uma preocupação das autoridades norteamericanas. Em depoimento à CNet, o investigador do FBI James Comey disse acreditar que a criptografia pode "atrasar investigações criminosas".

Comey, no entanto, não acredita que as empresas devam oferecer uma "porta dos fundos" por meio da qual o governo possa acessar esses dados. Ele crê que seria necessário haver uma espécie de "entrada de serviço" que possibilitasse que as autoridades driblassem a criptografia para acessar os dados.

A medida, no entanto, seria bastante arriscada. Segundo Brad Smith, conselheiro geral da Microsoft, uma atitude desse tipo facilitaria também que autoridades de outros governos acessassem os dados de cidadãos dos Estados Unidos.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ