Facebook e Twitter vão mudar regras contra discurso de ódio

O Facebook e o Twitter, além de outras grandes empresas do Vale do Silício, concordaram com as alterações regulamentares em casos de discurso de ódio na internet. As mudanças foram propostas pela União Europeia e, de acordo com elas, as empresas se comprometem a apagar publicações racistas, machistas, homofóbicas, preconceituosas, odiosas ou violentas de qualquer outra forma em até 24 horas.

As alterações visam também barrar a disseminação de propaganda terrorista na internet. As empresas que assinaram no acordo só irão atuar em casos claros de discurso de ódio, e oferecerão a garantia de que os comentários podem passar por uma revisão dentro de um dia.

As redes sociais são hoje uma das ferramentas mais utilizadas para disseminar discursos de ódio e propagar conteúdos terroristas, radicalizando jovens para suas ações. As novas medidas são um passo importante das empresas de tecnologia para garantir que a internet seja um espaço democrático.

 

Via TNW.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ