Google detalha como protegeu seus serviços das falhas Spectre e Meltdown

Correções para as falhas Spectre e Meltdown reveladas recentemente podem prejudicar o desempenho de processadores e serviços de internet, mas o Google diz que conseguiu uma maneira de minimizar o impacto disso em seus serviços.

Em um post em seu blog oficial, o Google disse que seus serviços já estão protegidos da falha, mas não foi fácil chegar a uma saída. Em um primeiro momento apenas o Meltdown e uma das variações do Spectre foram corrigidos, enquanto a segunda versão exigiu mais esforço por parte dos seus engenheiros.

Inicialmente, única forma que os engenheiros do Google tinham encontrado prejudicava demais o desempenho dos serviços da empresa, mas depois de alguns meses eles acabaram chegando a uma correção que mantinha tudo funcionando do jeito que devia. Enquanto o Meltdown e uma variação do Spectre já não ameaçavam mais seus serviços em setembro, a segunda versão da falha só foi consertada em dezembro.

De acordo com o Google, essas vulnerabilidades foram as "mais desafiadoras e difíceis de corrigir" dos últimos dez anos. Agora, diz a empresa, tudo está sob controle, e seus serviços não tiveram queda de desempenho por causa das correções.

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ