Hacker que espalhou fotos íntimas de famosos é condenado a 18 meses de prisão

Ryan Collins, uma das pessoas por trás do vazamento de fotos íntimas de celebridades em 2014, foi condenado a 18 meses de prisão.

No início do ano ele se declarou culpado pela realização de uma campanha de phishing que lhe deu acesso a dezenas de e-mails privados e contas do iCloud, incluindo os de muitas celebridades.

De acordo com o Departamento de Justiça, ele enviava e-mails para as vítimas se passando pela Apple e Google e pedindo para a pessoa atualizar a senha. Entre 2012 e 2014 ele teve acesso a, pelo menos, 50 contas do iCloud e 72 contas do Gmail.

Collins chegou a enfrentar até cinco anos de prisão durante o julgamento, mas os promotores decidiram por 18 meses como parte de um acordo judicial. Apesar de ter participado da invasão, a Justiça não encontrou evidências de que Collins está por trás do vazamento das imagens.

Outras duas pessoas também participaram do crime, sendo que Edward Majerczyk, que teve acesso a mais de 300 contas, ainda está em julgamento e Andrew Helton foi condenado a seis meses de prisão e terá de pagar uma multa de US$ 3.000.

Via The Verge

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ