Hacker rouba informações da Mozilla para atacar usuários de Firefox

Em agosto, a Mozilla informou ter descoberto uma brecha de segurança no Firefox e pediu que todos os usuários do navegador o atualizassem o mais rápido possível. Agora a empresa veio a público para alertar que alguém se infiltrou em uma das plataformas da fundação para roubar informações a respeito dessa falha.

O hacker invadiu uma área restrita do Bugzilla, serviço público da Mozilla usado pela comunidade de desenvolvedores para rastrear e combater falhas. Certas partes da plataforma, por questões de segurança, só podem ser acessadas por quem tem privilégios cedidos pela fundação, mas alguém conseguiu desrespeitar isso.

A Mozilla desativou a conta usada para o acesso não permitido, mas acredita que o responsável pelo caso se aproveitou da falha descoberta no mês passado para atacar usuários do Firefox. Aquela brecha foi corrigida no fim de agosto, então os alvos foram atingidos há pelo menos duas semanas.

Para evitar que esse cenário se repita, a Mozilla está revendo a política de acesso ao conteúdo restrito do Bugzilla. Isso inclui revogar a participação de algumas pessoas, exigir novas senhas e autenticação de dois fatores, além de reduzir o número de desenvolvedores com acesso.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ