Hackers descobrem forma de burlar sensor biométrico

Recentemente, diversas empresas lançaram smartphones e tablets com leitores biométricos, como é o caso da Samsung e da Apple. A novidade veio como forma de aumentar a segurança dos usuários, contudo, um grupo hacker quer provar que a tecnologia não é tão garantida assim.

Intitulado Chaos Computer Club, o grupo hacker fez uma demonstração recentemente com a ministra da defesa alemã, Ursula von der Leyen, em que foi possível scanear as digitais da política apenas tirando fotos de seus dedos com uma câmera comum.

Para isso, Jan Krissler, integrante do grupo, usou um software disponível comercialmente, o VeriFinger e, com um zoom significativo no dedão da ministra, ele conseguiu suas digitais em diversos ângulos. Assimm é possível reproduzi-las e usar para acessar um dispositivo com leitor biométrico.

Como explica o VentureBeat, ainda não existem casos registrados do uso dessa tecnologia para obter digitais, porém, caso seja realmente fácil como na demonstração, o método pode se tornar uma ameaça em potencial para os leitores biométricos. Confira abaixo o vídeo da demonstração, em alemão:

Via VentureBeat

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ