Hackers invadiram sistemas eleitorais dos EUA, diz FBI

De acordo com documentos obtidos pelo Yahoo News, dois sistemas eleitorais dos Estados Unidos foram invadidos por hackers. Em um deles, os invasores conseguiram extrair os dados de mais de 200 mil eleitores que haviam se cadastrado.

O vazamento de dados aconteceu no estado de Illinois; o sistema de votação do estado do arizona, por sua vez, foi vítima da implantação de um malware - arquivo nocivo - mas nenhum dado foi extraído dele. Após a confirmação da invasão, o FBI solicitou que todos os órgãos eleitorais estaduais entrassem em contato com o Conselho de Eleições federal para garantir que nenhum incidente semelhante tenha ocorrido em suas bases de dados. Os documentos podem ser vizualisados abaixo:

A notificação do FBI informa oito endereços de IP que foram associados às invasões, e avisa as comissões eleitorais para não tentarem de nenhuma maneira entrar em contato com os endereços. Um dos endereços apareceu nos dois casos de invasão.

Autor desconhecido

Segundo Rick Barger, um especialista em segurança digital entrevistado pelo Yahoo, um dos endereços de IP listados já havia aparecido em fóruns russos de hackers. Além disso, o método e as ferramentas utilizadas em um dos ataques se assemelhavam aos usados em outros ciberataques que, suspeita-se, foram realizados a pedido do governo russo.

Por outro lado, Ken Menzel, o conselheiro geral do comitê eleitoral de Illinois, disse ao Yahoo que os agentes do FBI ainda não tinham chegado a uma conclusão sobre os autores do ataque. Eles consideram ainda a possibilidade de que os hackers estivessem apenas atrás de dados pessoais dos eleitores para uso em alguma forma de fraude.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ