Segurança

Hacker

Hackers roubam informações de cinco empresas de gás e petróleo

Redação Olhar Digital 10/02/2011 12h46
Compartilhe com seus seguidores
A A A

As companhias não podem ser identificadas por questões de segurança, diz a McAfee, mas informa que criminosos acessaram dados importantes

Alguns crackers (cibercriminosos) chineses invadiram os sistemas de cinco empresas multinacionais na área de gás e petróleo, a fim de roubar informações sobre licitações e dados críticos. A fabricante de soluções para segurança McAfee, responsável pelo relatório sobre a atuação dos criminosos virtuais, não identificou quais as empresas afetadas.

"Durante pelo menos dois anos, ou até mesmo quatro anos, os hackers tiveram acesso às redes de computador. Eles se concentraram em documentos financeiros relativos a contratos de exploração de petróleo e campos de gás e de licitação", explicou Dmitri Alperovitch, vice-presidente da McAfee no relatório, acrescentando: "Essas informações valem uma quantidade enorme de dinheiro para os concorrentes."

Os ataques, chamados de Night Dragon, podem ter ocorrido de duas formas: por meio de sites públicos ou de e-mails infectados enviados para executivos das empresas.

"Não foram ataques sofisticados, mas foram muito bem-sucedidos em alcançar seus objetivos", disse Alperovitch.

A Google anunciou em janeiro do ano passado que os ataques cibernéticos vindos da China já afetaram 20 companhias.
Segurança Hackers hack
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você