Mais um homem é preso por estupro virtual no Brasil

Mais um homem foi preso por prática de estupro virtual no Brasil. É o segundo caso registrado no país, e o primeiro em Minas Gerais, já que o anterior ocorreu no Piauí.

O caso mais recente aconteceu em Carmo do Paranaíba. Segundo reporta o Estadão, o homem, identificado apenas pelas iniciais I. A. A., tem 19 anos e é acusado de ter feito cinco vítimas com idades entre 16 e 24 anos.

Ele teria usado um perfil falso nas redes sociais para exigir que as mulheres o enviassem fotos e vídeos pornográficos. O delegado Ítalo de Oliveira Boaventura disse ao jornal que o homem já conhecia as vítimas e sabia onde moravam, o que o favorecia na aplicação do golpe.

A pressão psicológica causada pela ação teria levado uma das mulheres a tentar o suicídio, enquanto o pai de outra delas chegou a pagar R$ 3.000 ao homem na tentativa de livrá-la da situação.

I. A. A. foi preso nesta quarta-feira, 20. Na ação, a Polícia Civil apreendeu um computador e celulares nos quais encontraram imagens de pedofilia e os registros das mensagens enviadas às mulheres. "Ele chegou a fazer ameaças de morte e dizer que divulgaria imagens pornográficas delas", contou o delegado.

Assim como ocorreu no caso registrado no Piauí em agosto, o suspeito mineiro foi enquadrado como estuprador devido a uma nova interpretação do artigo 213 do Código Penal. O texto prevê pena a quem obrigar outra pessoa, contra sua vontade, a praticar atos libidinosos.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ