Microsoft cria aplicativo para mapear violência contra a mulher

Em parceria com o Instituto Eldorado, a Microsoft desenvolveu o aplicativo "Assédio Zero", que permite às mulheres indicarem lugares com maior índice de assédio e relatos de violência. De acordo com a Microsoft, o objetivo do app é contribuir no combate à violência contra a mulher. Ainda segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, no Brasil, uma mulher é estuprada a cada 11 minutos.

O "Assédio Zero" vai funcionar com um marcador com o qual é possível selecionar o tipo de agressão, verbal ou física, e localizar a região onde o ato ocorreu. Os dados ficam armazenados na plataforma de nuvem da Microsoft, permitindo que outras usuárias identifiquem as áreas os pontos com maiores índices de violência. O app permite também mensagens e alertas em tempo real, o que pode ser útil para ações de segurança.

O aplicativo está disponível para a plataforma Android e em breve também estará disponível para iOS e Windows Phone. Em maio, a Microsoft já tinha lançado o ‘Espaço Livre’ aplicativo semelhante que traça um ‘mapa da homofobia’ a partir de denúncias de agressões à comunidade LGBT.

A Microsoft acredita que com atitudes assim mostra que a tecnologia pode contribuir para a construção de uma sociedade melhor e mais igualitária. A empresa também está promovendo uma iniciativa com a ONU Mulheres, com a assinatura do documento ‘Princípios de Empoderamento para Mulheres’, que visa orientar as empresas com práticas de equidade de gênero e empoderamento feminino.

Como objetivo principal o programa em parceria com a ONU Mulheres visa a igualdade nas oportunidades de trabalho. Hoje, 50% dos estagiários e 30% dos cargos de liderança na Microsoft Brasil são ocupados por mulheres. Paula Bellizia, presidente da Microsoft, afirma que esse é um passo importante para fortalecer a valorização da mulher no mercado de trabalho e que a diversidade gera inovação e deve estar presente nos planos de negócios da empresa.

Princípios de Empoderamento das Mulheres contidos no acordo feito com a ONU Mulheres são:

  1. Estabelecer uma liderança corporativa de alto nível para a igualdade entre gêneros.
  2. Tratar todos os homens e mulheres de forma justa no trabalho - respeitar e apoiar os direitos humanos e a não discriminação.
  3. Assegurar a saúde, a segurança e o bem-estar de todos os trabalhadores e trabalhadoras.
  4. Promover a educação, a formação e o desenvolvimento profissional para as mulheres.
  5. Implementar o desenvolvimento empresarial e as práticas da cadeia de abastecimento e de marketing que empoderem as mulheres.
  6. Promover a igualdade através de iniciativas comunitárias e de defesa.
  7. Medir e publicar relatórios dos progressos para alcançar a igualdade entre gêneros.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ