Nem a Apple consegue quebrar a criptografia do iOS

Nem a Apple consegue acessar os dados criptografados que estejam armazenados em um iPhone que rode as versões mais recentes do iOS. A declaração foi feita nesta semana pela própria empresa, diante de um pedido do Departamento de Justiça dos Estados Unidos.

A justiça queria forçar a fabricante a entregar informações contidas em um dispositivo apreendido. A resposta da empresa veio em um documento apresentado a um juiz federal de Nova York. Nele, a Apple afirma que é impossível atender a solicitações como essa, depois que os métodos de encriptação do iOS foram aprimorados. Os dispositivos contam com uma ferramenta que previne que qualquer pessoa acesse as informações sem a senha, incluindo a própria companhia.

"Achamos que a criptografia é uma necessidade no mundo de hoje. Ninguém deveria ter que decidir entre privacidade e segurança. Nós devemos ser inteligentes o suficiente para fazer as duas coisas", afirmou Tim Cook durante um discurso em uma conferência do Wall Street Journal realizada nesta semana.

O documento explica que 90% dos dispositivos, que rodam a partir da versão 8 do iOS, não podem ser desbloqueados. Celulares mais antigos, que rodam versões anteriores do sistema, podem ser acessados, pelo menos na teoria.

Via BBC

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ