Segurança

LinkedIn

Pesquisador independente aponta falha de segurança no LinkedIn

Redação Olhar Digital 23/05/2011 14h06
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Segundo o indiano Rishi Narang, os cookies da rede social corporativa só expiram após um ano

A rede social corporativa LinkedIn tem algumas falhas de segurança que deixam as contas dos usuários vulneráveis a ataques, segundo informações da agência de notícias Reuters. Crackers podem invadir perfis sem precisar de senhas, de acordo com o Rishi Narang, pesquisador independente de segurança de internet que identificou o problema.  

Narang disse neste domingo (23/5) que o problema está relacionado à forma como o LinkedIn gerencia seus "cookies". Segundo Narang, muitos sites usam cookies como os do LinkedIn, mas os da rede só expiram após um ano inteiro e esse é o grande problema. A maioria dos sites limitam o acesso aos cookies em 24 horas ou até antes. Com uma vida longa, o cookie permite que qualquer pessoa que se apodere do arquivo possa carregá-lo em um PC e tenha fácil acesso à conta do usuário por até um ano.  

Após ter conhecimento da falha, o LinkedIn emitiu um comunicado dizendo que tomaria medidas para proteger as contas de seus clientes. "Levamos a privacidade e a segurança de nossos usuários a sério", dizia o comunicado. "Sempre é uma boa ideia escolher redes confiáveis e criptografadas Wi-Fi ou VPNs [redes privadas virtuais], sempre que possível", concluía.  

As notícias sobre a vulnerabilidade da rede vieram à tona neste fim de semana, poucos dias após a estreia do LinkedIn na Bolsa de Nova York, quando o site viu o valor de suas ações quase triplicarem em poucas horas. 
Segurança redes sociais LinkedIn
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você