Concurso paga US$ 1 milhão a quem criar jailbreak sem fio do iOS 9

Uma startup formada por especialistas em achar falhas de sistemas operacionais revelou hoje em entrevista à revista Forbes que pretende dar US$ 1 milhão a quem conseguir realizar um "jailbreak" no novo iOS. "Jailbreak" é a denominação do processo feito em iPhones e iPads que adiciona algumas funções e da mais liberdade para que usuários possam personalizar o celular, embora o deixe muito mais exposto a erros.

A condição para que o jailbreak seja considerado válido pela Zerodium (empresa que explora brechas de segurança em sistemas operacionais) é a liberação total das restrições que a Apple coloca no aparelho, possibilitando a instalação de qualquer aplicativo no telefone – inclusive os que rodam em Android e demais sistemas. O CEO da empresa, Chaouki Bekrar, a afirma que após o concurso, o iOS será o sistema mais seguro do mundo.

A empresa tem uma exigência, no entanto. Ela não quer qualquer tipo de jailbreak. O desbloqueio precisa ser feito totalmente sem fios. Os candidatos terão que atacar o telefone remotamente via Safari e Google Chrome, ou utilizando um SMS. A data limite para a descoberta de vulnerabilidades é dia 31 de outubro desse ano. Caso você queira participar da promoção, basta se inscrever no site da Zerodium.

O "Jailbreak" não é ilegal, apesar de a Apple não gostar nem um pouco da atitude. Segundo a justiça americana, se você adquiriu um aparelho, ele é seu, e você tem liberdade para usá-lo como bem entender. No entanto, houve um tempo em que a prática foi proibida no país, sob acusação de pirataria. 

Entretanto, a Apple faz o que pode para evitar que seus usuários façam o desbloqueio de seus aparalhos, com práticas que incluem a perda da garantia e atualizações que inutilizem o jailbreak.

Via Forbes

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ