Russia exige que operadoras registrem dados de usuários de apps de mensagens

O governo da Rússia assinou um decreto na última semana determinando que as operadoras do país passem a registrar dados de usuários de aplicativos de mensagens, como o WhatsApp, o Telegram e outros semelhantes.

Funciona assim: sempre que um cidadão russo se cadastrar em um app de mensagens, a empresa por trás do app terá que enviar um relatório com todos os dados daquele usuário para a sua operadora de telefonia, que terá que confirmar a identidade do cidadão.

A nova regra foi decretada pelo primeiro-ministro Dmitry Medvedev. A responsabilidade por gerenciar essa verificação será do Roskomnadzor, órgão de regulamentação da mídia mantido pelo governo russo. A novidade começa a valer em seis meses.

A ideia, segundo informações do ZDNet, é combater a anonimidade de usuários na internet e facilitar o trabalho de repressão das autoridades russas. Vale lembrar que o Telegram, app de mensagens criado na Rússia, foi banido no país desde abril.

Além disso, o WhatsApp e outros serviços de comunicação pela internet são frequentemente suspensos pelo governo russo.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ