Carro Autônomo

Seu carro pode estar te espionando; entenda

Sofia Aureli, editado por Maria Lutfi 18/12/2019 13h30
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Automóvel provavelmente está capturando centenas de dados sobre você e sua direção e enviando-os aos fabricantes

Ao hackear um Chevrolet 2017 para o Washington Post, o repórter de tecnologia, Geoffrey Fowler, descobriu que o carro estava lhe espionando ao rastrear sua localização e monitorar a atividade no celular conectado, acessando os números dos contatos que usou para realizar algumas ligações. Todas as informações coletadas eram enviadas diretamente à General Motors (GM).

Geoffrey Fowler/The Washington Post


O carro possuía uma rede oculta de computadores interconectados que registrava e transmitia impressionantes 25 gigabytes de dados a cada hora – alguns dos quais permaneceram inacessíveis durante a tentativa de invasão digital.

Entre os dados coletados, estavam os padrões de viagem do motorista, número dos telefones e endereços das pessoas que o proprietário ligou. Esses dados são incrivelmente valiosos para empresas e investidores de tecnologia, mas em resposta, a GM negou qualquer irregularidade.

A abrangente coleta e o rastreamento não tinham sidos divulgados em nenhum lugar do carro ou no manual de instruções, e não estava disponível para download pelo usuário, que teve que hackear o veículo para acessá-las. Até então não existe nenhuma lei federal ou regulamentação que permita a fabricante armazenar os dados coletados por seus veículos.

 

Via: Futurism

carro Invasão General Motors espionagem Chevrolet armazenamento de dados coleta de dados
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você