Site de traição vai pagar R$ 35 milhões por vazamento de dados dos usuários

A Ruby Corp, empresa proprietária do site de traição Ashley Madison, fechou um acordo para pagamento de US$ 11,2 milhões (cerca de R$ 35 milhões) para encerrar um litígio referente ao vazamento de dados dos seus usuários em 2015.

O pagamento será usado como compensação financeira para usuários do serviço que tiveram seus dados pessoais expostos devido a uma falha de segurança na rede do Ashley Madison, site que prometia ajudar pessoas em busca de casos extraconjugais. O vazamento revelou nomes, endereços, telefones e cartões de crédito dos usuários do serviço.

Segundo a Reuters, o valor da multa representa um quarto da receita da Ruby Corp, que, de 2015 para cá, gastou milhões de dólares para melhorar a segurança e privacidade dos usuários.

Dos cerca de 37 milhões de usuários afetados pela falha de segurança, apenas 6 milhões devem ser compensados pelo vazamento, recebendo até US$ 3.500 (cerca de R$ 11,2 mil).

Para receber a compensação máxima, o usuário precisa comprovar que foi prejudicado pelo vazamento, e não apenas que teve o nome revelado. Apenas pessoas que documentarem muito bem os prejuízos causados pela exposição dos dados recebem o valor máximo.





RECOMENDADO PARA VOCÊ