Segurança

the interview a entrevista coreia do norte

Sony cancela lançamento de filme após ameaça de cibercriminosos

Renato Santino 17/12/2014 20h40
Compartilhe com seus seguidores
A A A

A Sony desistiu oficialmente de lançar o filme “A Entrevista”, graças às ameaças publicadas pelas mesmas pessoas que invadiram os computadores da empresa há algumas semanas. A comédia fazia piadas com o líder da Coreia do Norte Kim Jong Un e teria sido a motivadora do ciberataque sofrido pelo estúdio.

A ameaça, divulgada na última terça-feira, era direcionada a todos os espectadores e funcionários de cinemas que decidissem exibir a obra. Os terroristas falavam em um acontecimento no nível dos atentados de 11 de setembro. Não à toa, as maiores redes de cinemas nos Estados Unidos acabaram desistindo de exibir o filme.

Graças a isso, a Sony acabou optando por cancelar (ou adiar) o lançamento, marcado para o dia 25 de dezembro, conforme foi informado em comunicado ao Variety. A empresa já havia dito que entenderia totalmente se os cinemas parceiros decidissem não mostrar a obra.

A empresa também se manifestou publicamente sobre o ataque que vem sofrendo nas últimas semanas:

“A Sony Pictures tem sido vítima de um ataque criminal sem precedentes aos nossos funcionários, clientes e negócios. Aqueles que nos atacaram roubaram nossa propriedade intelectual, e-mails privados e material sensível, e tentaram destruir nossos espíritos e nossa moral, aparentemente para atrapalhar o lançamento de um filme do qual eles não gostaram. Estamos profundamente tristes com este esforço descarado para suprimir a distribuição de um filme e, no processo, causar danos à nossa empresa, empregados e ao público americano. Apoiamos nossos cineastas e o direito à livre expressão e estamos extremamente desapontados com este resultado.”

Tudo leva a crer que a empresa foi vítima de um ciberataque vindo da Coreia do Norte, embora oficialmente não se conheça a autoria, e o FBI já tenha isentado publicamente o governo local de culpa. Especialistas em segurança digital já afirmaram que o ataque é muito similar a outro, dirigido à Coreia do Sul, atribuído ao país comandado pelo ditador Kim Jong Un.

Via The Verge

Sony Crimes digitais ciberguerra ciberataque cibercrime
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você