Sony pagará US$ 8 milhões a ex-funcionários prejudicados por ataque hacker

O ataque hacker que a Sony sofreu no final de 2014 ainda está trazendo consequências negativas para ela. Agora, a empresa fez um acordo com os ex-funcionários que foram prejudicados por causa das informações sigilosas que vazaram e terá que pagar US$ 8 milhões (o que equivale a aproximadamente R$ 31 milhões).

Como esses funcionários tiveram que desembolsar o dinheiro necessário para que tivessem a sua identidade protegida, a Sony irá reembolsar o valor, além de recompensá-los pelos danos sofridos. A informação está nos processos que foram preenchidas no tribunal da Califórnia.

O dinheiro será gasto da seguinte maneira: US$ 3,5 milhões para cobrir os gastos que eles tiveram com advogados e serviços; US$ 2,5 milhões pelos danos sofridos; US$ 2 milhões de reembolso pela proteção de identidade e US$ 10 mil para cada ex-funcionário.

Já para os funcionários que ainda estão ativos na empresa, a Sony vai assumir um custo de dois anos para proteção de identidade. Além disso, eles criarão uma linha direta para atender as vítimas do ataque hacker.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ