Vírus WannaCry atinge fábrica da Boeing nos Estados Unidos

A montadora de aeronaves Boeing foi atingida pelo vírus WannaCry em uma das suas fábricas nos Estados Unidos durante a quarta-feira, 28. O vírus atingiu apenas algumas máquinas e não causou interrupção da produção, tendo sido eliminado sem grandes perdas para a empresa.

De acordo com o Seattle Times, o vírus atingiu equipamentos da fábrica da Boeing em Charleston, no estado da Carolina do Sul, nos Estados Unidos. Apesar da tensão inicial causada pela ameaça, os funcionários da instalação conseguiram eliminá-lo com alguma facilidade, e no fim do dia tudo já estava resolvido.

"A vulnerabilidade estava limitada a poucas máquinas. Instalamos patches de software. Não houve interrupção do programa do jato 777 nem de nenhum de nossos programas", disse Linda Mills, chefe de comunicação da empresa.

O ransomware WannaCry ficou conhecido após um grande ataque hacker que ocorreu no ano passado. Quando infecta uma máquina, o vírus criptografa e bloqueia o acesso ao dispositivo, exigindo o pagamento de uma recompensa para liberar os arquivos.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ