Confira o novo teste dos melhores antivírus pagos do mercado

Links:
Antivírus pagos 2015

Nesta edição do Laboratório Digital, quem manda é você! Antes de começar os testes, perguntamos à galera que nos segue no Facebook: qual antivírus pago vocês gostariam de ver examinado? Alguma milhares de respostas depois, selecionamos os quatro mais votados. E eles são: Kaspersky, Norton Security, Avira Antivirus Pro e Bit Defender Antivirus Plus! Qual mais merece o seu investimento? Você confere agora!

Como já é tradição, os testes ficaram a cargo do Wellington Watanabe Filho e os feras da Bug Busters. Os critérios adotados são os mesmos dos últimos anos. Além de nossas próprias avaliações, também usamos como fonte de referência laboratório internacionais, como a Spycar, Eicar, AV-Comparative e ICSA Lab.

Para nossos testes, baixamos no dia primeiro de setembro as versões trial de cada fabricante. Como primeiro quesito analisado, vamos ao que determina as primeiras impressões...

INTERFACE

Interface vai muito além da beleza. Na verdade, consideramos que o design é apenas um aspecto da interface. No fundo, ela tem de ser um facilitador para o uso do software. Aqui, quem se deu bem foi o Bitdefender. Contou muito a melhor solução para quem tem tela sensível ao toque no computador. Manuseá-lo é super fácil e agradável tanto com um mouse, quanto tocando na tela. Em segundo lugar, num empate técnico, vieram Norton Security e Kaspersky. Por último, o Avira, que apresentou uma interface um pouco mais confusa. Na verdade, o Avira ainda precisa evoluir muito para se aproximar dos demais nesse quesito.

DESEMPENHO

O desempenho, para nós, tem a ver com a velocidade com que o software completa suas funções, e a "leveza" com que ele roda em sua máquina. Aqui, quem se deu bem foi a solução da Kaspersky, chegando em primeiro lugar, com um desempenho super eficiente. Em segundo lugar temos o Avira. O pessoal que acompanha os antivírus já sabe que o Avira, tradicionalmente, é um software leve. A surpresa ficou por conta do Norton. Em versões anteriores, o Norton havia ganhado a fama de pesadão. Agora, não. Ele chegou praticamente empatado com o Avira, demonstrando uma grande evolução. Quem segura a lanterna, aqui, é o BitDefender, bem mais lerdo que os demais.

CONSUMO DE RECURSOS

Uma coisa leva à outra... Desempenho e uso dos recursos da sua máquina andam de mãos dadas, mas não são necessariamente proporcionais. Tanto é que o Norton ficou em terceiro lugar no quesito desempenho, mas ficou em primeiro no consumo de recursos. Isso quer dizer que ele pode até não se o mais ágil de todos, mas certamente é o que menos vai te incomodar enquanto estiver, por exemplo, varrendo seu disco. Em segundo lugar ficou o Kaspersky. Em terceiro, o Avira. E, novamente na lanterna, o BitDefender.

EFICÁCIA

É claro que esse é o item que mais chama a atenção. Aqui é que avaliamos o quanto o antivírus realmente protege sua máquina. A boa notícia é que as quatro soluções testadas se deram bem. Dá para dizer que com qualquer um, você estará bem protegido. Mas, tem de haver um vencedor. Só que, às vezes, são dois: Kaspersky e BitDefender empataram em primeiro lugar com um índice de eficácia próximo de 100%. Logo em seguida, veio o Norton Security e, também bem colado, o Avira. 

CUSTO X BENEFÍCIO

Felizmente, antivírus não estão entre os itens mais caros do mundo digital. Encontramos todas as soluções testadas com preços em torno de R$ 60. Então, resolvemos avaliar o custo benefício de cada uma para chegar a um veredito. Aqui, quem se deu bem foi a solução da Norton. Pelo mesmo preço dos outros, ela oferece vários recursos adicionais. Alguns exclusivos. Em segundo lugar, veio a Kaspersky, seguido muito de perto por um empate técnico entre BitDefender e Avira.

CONCLUSÃO

Essa avaliação que você vê aqui é um resumo. O estudo completo está à sua disposição, num link logo abaixo da janela desse vídeo no Olhar Digital.com.br. Pois, somados prós e contras, chegamos a uma decisão final. A escolha do Olhar Digital como melhor antivírus pago 2015 ficou com a Kaspersky. O software de origem russa foi o mais eficaz, o de melhor desempenho e pontuou bem em todos os outros quesitos. 

Em segundo lugar, veio a boa surpresa do Norton Security, mostrando que mesmo um dos mais veteranos da indústria não está parado e vem evoluindo. O BitDefender fica com o terceiro lugar. Pesou contra ele o alto consumo de recursos da máquina e a falta de agilidade. Por último, o Avira. Esse é um antivírus reconhecidamente eficiente na remoção de malwares, mas ainda precisa fazer evoluir sua interface e melhorar sua usabilidade.

E você? Concorda com nossa escolha? Queremos saber sua opinião! Aproveite para conferir o teste completo, com toda a análise – vale a pena principalmente avaliar os recursos adicionais de cada software. Aproveite!



RECOMENDADO PARA VOCÊ

Programas na íntegra

Confira o Olhar Digital Plus [+] na íntegra

Confira o Olhar Digital Plus [+] na íntegra

24/06/17 19h00

A tecnologia pode te ajudar na hora de cuidar de idosos; veja como Um mergulho na vida do gênio da computação do século... saiba mais