Games e Consoles

Bastion

Chega de Candy Crush: veja 5 jogos "cabeça" para seu smartphone

Luccas Franklin, editado por Marcelo Gripa 20/05/2014 14h00
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Os smartphones foram, durante algum tempo, relegados por gamers ao status de "terceira classe" em termos de qualidade dos jogos. PCs e consoles eram os primeiros a receber os "jogos de verdade", seguidos dos portáteis, como 3DS e Vita e, finalmente, smartphones e tablets, que só ganhavam títulos casuais.  

Nos últimos anos, entretanto, os celulares se tornaram atraentes para a indústria e passaram a abrigar jogos dos mais interessantes (e belos). A lista abaixo mostra o que há de melhor disponível para seu dispositivo móvel. Boa parte dos games selecionados pelo Olhar Digital também está disponível para PC, caso você prefira a telona.

Vamos a eles!

Bastion (2011)
Disponível para iOS, Mac OS, PC e Linux

US$ 4,99 na App Store
R$ 27,99 no Steam

Bastion é um jogo de 2011 que ficou famoso por seu estilo artístico, sua música e por um narrador sempre presente, descrevendo as ações em detalhes. É um jogo de ação com controles simples, mas uma história complexa e um sistema bastante interessante de evolução do personagem, em que são utilizados itens coletados durante o jogo para fazer melhorias nas armas encontradas, com diferentes escolhas a serem feitas, forçando o jogador a pensar diferente, dependendo de sua escolha de armas.

A história também é interessante pela forma como é contada: após uma calamidade (que o jogador não chega a ver), o mundo de Caelondia está destruído e é sua responsabilidade encontrar os poucos sobreviventes para tentar restaurar o mundo, agora composto apenas de ilhas flutuantes.

Bastion não é muito longo, tomando, no máximo, 10 ou 12 horas para terminar, mas vale o dinheiro pelo estilo, pela música e pela diversão.

Veja o trailer:



Monument Valley (2014)

Disponível para iOS e Android

US$ 4,99 na App Store
R$ 9,10 no Google Play

Monument Valley tem sido chamado de "o jogo mais belo do iPad" por várias publicações especializadas, recebendo altas notas por todo o globo.

O jogo tem movimentação simples, mas é complexo pela arte e pelos truques da perspectiva fixa, que vão embaralhar sua cabeça a partir de ilusões de ótica que dão o tom do enredo.

O jogo abusa de visuais "fofinhos", mas quem relevar esta característica terá um belo quebra-cabeça nas mãos. Vale notar que, apesar do preço, o game é curto, com, no máximo, 2 horas de duração.

Veja o trailer:



Machinarium (2009)

Disponível para PC, Mac OS, Linux, Android e iOS

R$ 16,99 no Steam
R$ 6,64 no Google Play
US$ 4,99 na App Store

Machinarium é um dos jogos da Amanita Design, um estudio tcheco independente que se especializa em gráficos desenhados à mão.

Se você gostava de jogos do estilo "Point'n Click", como os antigos The Dig, Full Throttle, A Maldição da Ilha dos Macacos e Maniac Mansion, vai se sentir em casa com Machinarium, exceto por uma coisa: O jogo não tem texto.

Todos os personagens se comunicam em Machinarium por grunhidos e balões com desenhos e animações, sendo perfeitamente jogável, do começo ao fim, mesmo que você não fale uma palavra sequer em inglês.

Machinarium se passa em um mundo habitado por robôs de várias formas e tamanhos e trata de Josef, um pequeno robô que descobre um plano de gângsters para explodir a torre da cidade. É sua missão libertar sua namorada, (presa pelos próprios indivíduos) e impedir a destruição da cidade.

É um jogo bastante difícil, sobretudo se você não está acostumado ao estilo. De qualquer forma, os deselvolvedores inseriram um sistema de dicas para que você nunca fique preso por muito tempo em um só lugar.

O trailer mostra bem o estilo do jogo:



World of Goo (2008)

Disponível para PC, Mac OS, Linux, Android, iOS e Wii

R$ 16,99 no Steam
R$ 11,05 no Google Play
US$ 4,99 na App Store

World of Goo é um jogo estranho sob qualquer perspectiva: você usa bolinhas de "goo" (meleca, em inglês) para construir estruturas físicas, como torres e pontes, para que levar as outras bolinhas restantes (que você não sacrificou para a criação da estrutura) a um cano, onde são levadas a uma nova fase. Alguns tipos diferentes de bolinhas vão sendo reveladas, de cores e funções diferentes, mas nada que não seja utilizado com um único clique.

Por mais que a jogabilidade seja simples (a única coisa que você precisa fazer é clicar para pegar uma bolinha e colocá-la em outro lugar), o jogo tem fases difíceis e história intrigante (em partes, até um pouco assustadora). A trilha sonora é variada, sendo animada em fases mais coloridas e triste em fases escuras, o que dá um ar totalmente diferente.

Veja o trailer e decida se o jogo é para você:



Baldur's Gate (1998)

Disponível para PC, Mac OS, iOS, Android

US$ 9,99 na Appstore
R$ 20,34 na Google Play
R$ 34,99 no Steam

Sim, o último jogo de nossa lista tem 16 anos, mas isso se justifica, já que ainda assim é um dos melhores RPGs da história, remodelado para funcionar em touchscreens, com novos personagens e gráficos melhorados.

Baldur's gate é um jogo de uma era de RPGs complexos que misturavam humor e drama em iguais partes, além de um sistema de batalha em que você controla até 6 personagens simultaneamente.

O jogo é baseado nas regras da segunda edição do RPG de mesa "Dungeons and Dragons" e utiliza as mesmas classes dos livros da vida real. A história começa com o jogador morando na citadela de Candlekeep, uma fortaleza de acadêmicos, junto de seu pai adotivo, Gorion. Um dia, após Gorion o chamar apressadamente para uma viagem durante a noite, ele é assassinado e você deve descobrir a identidade dos assassinos, assim como a sua própria.

Com dezenas de personagens de variadas classes, cada um com uma história diferente, o jogo pode ser jogado várias vezes e a experiência será sempre bastante diferente. O jogo conta com muita atuação de voz e muito texto, portanto fica o aviso: você precisa entender bastante de inglês para ter alguma chance, mas se souber, terá jogado um grande jogo (literalmente, afinal o jogo demora mais de 60 horas para ser finalizado)

Veja o trailer deste antigo gigante:

Games Apple Android AppStore Indie games Google Play
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você